Poesia e prosa

Vitrine Literária / 23/07/2020 - 00h00

Um sonho foi realizado. Um livro foi escrito e publicado. São as memórias de Clarindo Cardoso de Faria que vêm em Poesia e Prosa para serem eternizadas no tempo. As histórias de vida do autor têm existência na morada do sítio Vargem Grande – em Montes Claros – desde os tempos de menino. Pode-se dizer que o livro trata-se de uma autobiografia, haja vista que nele são contados fatos de sua trajetória de vida, com as recordações do passado em versos e prosa. Na construção de trovas, selecionamos duas para ilustrar esta nossa crônica. 

Vejamos: “Quem quiser plantar saudade/me peça a muda que eu dou/pois tenho canteiros dela/que o meu passado plantou” e ainda “O amor rompe parede/rompe muro ladrilhado/rompe até porte de bronze/trancada com cadeado”. Na verdade, o autor Clarindo Cardoso de Faria é um memorialista convicto e consciente de suas narrativas sobre o passado de sua cidade.

Não obstante a falta da fonte bibliográfica, mesmo assim o seu influente livro tem uma importância inquestionável para a história antiga de Montes Claros e da região. Os seus depoimentos são, sem dúvida alguma, um material importante para um estudo mais profundo sobre as origens de nossa terra, com a convicção de que a história estaria sendo resgatada, no tempo e no espaço, com autoridade, para o aprimoramento de nossas tradições e de nossos costumes. Os nomes de pessoas e de lugares citados ao longo de sua narrativa reproduzem com fidelidade o avanço do desenvolvimento físico e as conquistas da cidade em todos os segmentos da história.

Portanto, o livro de Clarindo Cardoso de Faria, Poesia e Prosa, é um repositório de reminiscências que eleva, com subido orgulho, a bela história de nossa terra. Não bastasse somente a isso, o autor ainda teve a criatividade de incluir no seu trabalho literário anexos preciosos sobre a descendência de sua família e, em capítulo especial, dados sobre a linha do tempo – uma valiosa cronologia. 

O Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros aplaude com merecida honra o livro de Clarindo Cardoso de Farias, Poesia e Prosa, com o Diploma Honra ao Mérito. Parabéns!

Publicidade
Publicidade
Comentários