Efemérides Montes-Clarenses

Vitrine Literária / 16/05/2018 - 01h52

O livro “Efemérides Montes-Clarenses”, de Nelson Vianna, renasceu das cinzas. Não poderia deixar de participar da Coleção Sesquicentenária por se tratar de uma obra rara e cujo valor histórico é sem dúvida o mais completo documentário sobre a história antiga de Montes Claros. O autor de “Efemérides Montes-Clarenses” ainda escreveu “Serões Montes-Clarenses”, outro livro de imenso valor para a memória da cidade.

Mesmo sem o propósito de esgotar o assunto inerente à história de Montes Claros, Nelson Vianna conseguiu reunir nesta obra depoimentos e cópias de vários documentos antigos que retratam a vitoriosa trajetória da vila de Montes Claros de Formigas, isso até o ano de 1962. O texto de Nelson Vianna é na verdade um conjunto de anotações que fora transformado posteriormente em um livro. 

Certamente que há uma conexão entre essas anotações, mas a regra do conjunto é a descontinuidade da escrita, haja vista a existência de espaços em claros por falta de fatos ou de dados documentais. Podemos exemplificar uma narrativa através do tempo. Assim são escritas as efemérides: uma história contada passo a passo onde expressa a importância dos acontecimentos em uma ordem cronológica.

Afora documentos e depoimentos, “Efemérides Montes-Clarenses” ainda contém pequenos resumos biográficos retirados dos livros de registro civil de nascimentos e óbitos. Nas palavras do próprio autor, que diz: “Este livro é o resultado de alguns anos de pesquisas em todas as fontes do meu conhecimento, que pudessem contribuir para uma ampla explanação da história do município de Montes Claros”. Afirma ainda o autor que somente teve o cuidado de pôr em ordem as notas que foram lhes oferecidas.

Ainda teve o autor acesso às coleções da imprensa montes-clarense: a “Gazeta do Norte”, de propriedade de Jair de Oliveira, “ O Jornal de Montes Claros”, de Oswaldo Antunes, e “Correio do Norte”, de Mário Veloso. Para o autor, o tempo é somente descrito na sua dimensão cronométrica, porque os fatos acontecem por ordem de tempo, com hora e lugar determinado.

O livro “Efemérides Montes-Clarenses” faz parte da Coleção Sesquicentenária, que tem o patrocínio da Fundação Nestlé e o apoio cultural da Academia Montes-Clarense de Letras e o Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros.

Publicidade
Publicidade
Comentários