Verdade das pesquisas

Preto no Branco / 06/10/2021 - 00h07

Com todo respeito que merecem determinados institutos de pesquisas, os números que têm apresentado não conseguem convencer ninguém. Como jornalista graduado em marketing, o que mais tem me chamado a atenção é a disparidade dos números e a falta de informação sobre a metodologia usada, os critérios e itens embutidos nos levantamentos. Um exemplo é a pesquisa para o Senado, divulgada ontem, onde Antonio Anastasia, que disputará a reeleição, aparece em primeiro lugar com 19 pontos à frente do segundo colocado (26% a 7%). O segundo é o deputado federal André Janones ( Avante) e o terceiro, o petista Reginaldo Lopes 5%. O interessante é o fato de o suplente de senador Alexandre Silveira (PSD), com visibilidade em todo Estado, sequer aparecer na pesquisa. Ele fica atrás, inclusive, da vereadora da capital Duda Salabert do PDT (4%) e do presidente da Assembleia, Agostinho Patrus, do PV, que obteve 3%.

 
Esclarecendo
Na coluna de ontem, comentando sobre as novas regras, baseadas na Reforma Eleitoral, citamos que no caso das eleições municipais, em cidades como Montes Claros, os partidos só poderão lançar 100% de candidatos e não mais 150%. A cidade poderá lançar 23 candidatos, ao invés de 35, como foi em 2020. É que a lei determina que a regra vale para cidades com mais de 100 mil eleitores e não habitantes, como foi divulgado.
 
Alexandre Silveira
O suplente de senador Alexandre Silveira, que hoje responde pela chefia do gabinete do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, será homenageado pela Câmara de Montes Claros com o título de Cidadão Benemérito do município. A proposta é de autoria do vereador Marcos Nem e deu entrada na reunião desta terça-feira (5). Deve ser aprovada por unanimidade. Vale lembrar que Silveira é um dos nomes apresentados para disputar uma vaga no Senado pelo PSD mineiro nas eleições do próximo ano.
 
Juiz do Trabalho
Na reunião de ontem, a Câmara de Montes Claros aprovou projeto de autoria do vereador Valdecy Contador (Cidadania), em que concede Título de Cidadão Honorário ao ex-juiz do Trabalho professor João Lúcio Silva. Tive a honra de ser aluno do homenageado na Escola Estadual Polivalente, onde também foi diretor. Aliás, antes da magistratura, este teve a oportunidade de responder pela Superintendência Regional de Ensino em Montes Claros.
 
Restaurante Popular
Durante reunião de ontem da Câmara de Montes Claros, os vereadores Pastor Elair (MDB) e Valdecy Contador (Cidadania) cobraram da prefeitura uma solução para o Restaurante Popular, que não somente foi fechado pela municipalidade como foi entregue ao abandono. Hoje, o local serve como abrigo para moradores de rua e usuários de drogas. Os parlamentares solicitam que pelo menos seja dado um destino ao prédio.

Publicidade
Publicidade
Comentários