Reforma e impostos

Preto no Branco / 14/01/2021 - 00h40

Fonte do terceiro andar da Prefeitura de Montes Claros informou à coluna que o prefeito Humberto Souto pretende, já nos próximos dias, implantar reforma administrativa de gestão. Com relação à mudança no secretariado, por enquanto nada foi divulgado. O pior da história, para a população, é que no pacote a ser encaminhado à Câmara de Vereadores está previsto reajuste na planta de valores. Isto vale dizer que vem por aí reajuste nos valores de impostos.

Eleição na Amams
Ontem (13) foi o prazo final para apresentação de chapas para a eleição da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), marcada para amanhã (15). Ao contrário dos anos anteriores, o clima de paz reina no processo, com os prefeitos partindo para o entendimento. Até o fechamento da coluna, apenas uma chapa havia sido registrada, tendo como candidato a presidente o prefeito de Padre Carvalho, José Nilson Bispo de Sá, conhecido como Nilsinho (Republicano).
 
Saiu na Frente
A coluna saiu na frente quando antecipou o que aconteceria com eleição de entidades do Norte de Minas, como Amams, Cimams e o próprio Cisrun Macro Norte (Samu Regional). A única incerteza fica por conta do Consórcio, cuja solução continua dependendo da Justiça, que se faz presente para disciplinar o processo. O bom de toda novela é que houve entendimento entre os prefeitos que caminharam em consonância com os deputados estaduais. Valmir Morais garantido no Cimams e Nilsinho, na Amams. Quanto ao Cisrun, acredito que o entendimento para evitar disputa é a melhor saída.
 
Trabalho conjunto
A previsão dos resultados das eleições do Cisrun Macro Norte, Amams e Cimams, além de demonstrar um amadurecimento político por parte dos atuais prefeitos, também fica na expectativa da possibilidade de um trabalho conjunto entre as entidades e o consórcio, o que nos últimos anos não vinha acontecendo.
 
Vereador ou secretário?
Vários leitores querendo saber a minha opinião com relação à decisão do vereador por Montes Claros, Igor Dias (PSL), que optou por abrir mão, temporariamente, do mandato para assumir a Secretaria de Esportes. A este respeito, entendo que ainda é muito cedo para uma avaliação. Entretanto, só será compensador se a pasta tiver recursos para desenvolver o esporte na cidade. Em conversa com este jornalista, Igor comentou que pretende dar sequência ao trabalho iniciado por ele no mandato passado, e ter a oportunidade de inaugurar obras que estão prestes a serem concluídas, a exemplo da Praça de Esportes e Campo João Botelho. De qualquer forma, é um risco.

Publicidade
Publicidade
Comentários