Previsão

Preto no Branco / 09/02/2021 - 00h59

Se até as eleições os deputados não modificarem a legislação eleitoral, é fato que assistiremos mudanças profundas no resultado do pleito. É que com o fim da coligação proporcional, os atuais parlamentares terão que se agrupar em agremiações já estruturadas para não correrem o risco de serem derrotados por não atingirem o quociente eleitoral. Não será nenhuma novidade se assistirmos o aumento de eleitos na sobra. A polarização da campanha na majoritária é que ditará as regras.

Passagem de comando
Está marcado para as 15h30 desta sexta-feira, em Montes Claros, a solenidade de passagem de comando do 10º e do 50º Batalhão da Polícia Militar. O evento acontece no auditório do 10º Batalhão e será transmitido pelas redes sociais, já que não terá presença de público em decorrência das restrições impostas pelas medidas sanitárias de enfrentamento à Covid-19. A solenidade será conduzida pelo comandante da 11ª RPM, coronel Wanderlucio Ferraz. Assume o 50º Batalhão o tenente-coronel Guilherme e, o 10º Batalhão, o tenente-coronel Giovani.
 
Lambe-lambe
Neste domingo, Montes Claros perdeu parte de sua história com o falecimento do fotógrafo Pinheiro, que foi um dos pioneiros na cidade e durante décadas ocupou espaço na Praça Dr. Carlos. Pinheiro é da época do chamado fotógrafo lambe-lambe. Com o seu falecimento, daquela época só resta o fotógrafo Varzim, que continua ocupando espaço naquela praça.
 
Capital do Pequi
A disputa de qual município deve ser reconhecido como “Capital Nacional do Pequi” acabou ocupando espaço na mídia jamais esperado. A viralização se deve à manifestação do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que acha que o título deve ser para o seu Estado. Na prática, o reconhecimento é simbólico e serve apenas como referência.
 
Apresentação de projetos
Vira e mexe, assistimos comentários em jornais e nas redes sociais de pessoas ligadas ao mundo político analisando o trabalho de um parlamentar baseado no número de projetos apresentados à casa legislativa. Este tipo de pensamento não faz nenhum sentido. Primeiro, é preciso entender que temos leis demais neste país e que a maioria não é colocada em prática. Segundo, que temos que analisar a qualidade e não a quantidade. Se não bastasse, entendo que a importância de qualquer projeto está no seu conteúdo, e o que representará para o crescimento do cidadão, do seu Estado, do seu país.
 
Barragens
O fato de os senadores mineiros, a começar pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, terem colocado como prioridade a conclusão das obras da barragem de Jequitaí e de Berizal deixa a população do Norte de Minas esperançosa. Entretanto, é preciso voltar à discussão em torno da barragem de Congonhas.

Publicidade
Publicidade
Comentários