Mudando de partido

Preto no Branco / 09/10/2021 - 00h22

Não é nenhum segredo afirmar que o senador Carlos Viana (PSD) já declarou oficialmente que é candidato ao governo de Minas. Para ficar mais a vontade, no ano passado ele abriu mão da presidência do PSD, por já prever naquela oportunidade que o candidato da agremiação será o atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. O que tem intrigado a classe política é porque até agora ele não declarou em qual agremiação irá buscar abrigo para sua candidatura. A princípio, pode até parecer que ainda é cedo, mas faltando menos de um ano para o pleito eleitoral, articulação neste sentido já deveria ter sido iniciada.

 
Francisco Sá/Montes Claros
Constantemente temos denunciado o abandono da Lagoa do Interlagos, região norte de Montes Claros. Hoje, mais de 50% de sua extensão foi tomada pelas tabuas. A prefeitura alega que a culpa é do Ministério Público que tem se posicionado contrário à retirada das plantas. A este respeito, em Francisco Sá, no Parque dos Namorados, a lagoa passava pelo mesmo problema. O prefeito Mariosvaldo não só providenciou a limpeza com retirada das tabuas, como também prometeu colocar no local “pedalinho, barquinho e realizar o peixamento’’. Vão construir na área um Parque Aquático, com várias piscinas, toboágua, campo de futebol sintético e de areia, pista de skate, além de centro de convenções.
 
Perfil do eleitor
Tenho sido procurado por candidatos que estarão enfrentando as urnas pela primeira vez em 2022 e que até agora não sabem por onde começar. Não estão conseguindo ler ou encontrar o perfil do seu eleitorado. A este respeito é preciso discutir caso por caso. É o que chamamos de planejamento de campanha, que é feito tão logo o cidadão decide ser candidato. No geral, é preciso entender que o eleitor se manifesta de acordo com sua classe social, intelectual ou até mesmo baseado em conveniência.
 
Motivo do voto
Uma dica para o candidato que buscará o primeiro mandato no próximo ano é que o eleitor não precisa de motivo para votar num parlamentar estadual ou federal. Ao contrário de eleição para vereador, onde o eleitor tem vários motivos para decidir a exemplo da liderança do cidadão em sua região, parentesco, relacionamento de amizade, conveniência ou outros fatores.
 
Retirada dos trilhos
O município já pode começar a sonhar com a possibilidade da retirada dos trilhos da área central da cidade. É que com o novo acordo aprovado nesta semana pelo Senado, a nova concessão ferroviária com a FCA, entre Goiás e Sete Lagoas, destinará, dos R$ 7 bilhões, cerca de R$ 5 bilhões a Minas Gerais. O senador Carlos Viana, que esteve à frente das negociações desde o início, informou que previamente já havia discutido com o governador Romeu Zema que parte destes recursos sejam destinados para Montes Claros.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários