Licitação na Copasa

Preto no Branco / 31/07/2020 - 00h55

Mais uma vez, a coluna sai na frente e traz a informação de que às 8h30 de hoje a Copasa abrirá os envelopes da licitação da obra de captação de água do rio São Francisco, em Ibiaí. A obra permitirá interligar o São Francisco ao sistema do Pacuí, em Coração de Jesus, que já vem fornecendo água para parte de Montes Claros. O TCE-MG havia acatado liminar suspendendo a licitação da obra, mas nesta semana autorizou a abertura das propostas. Quando o processo foi interrompido, 16 empresas de todo o país haviam cadastrado propostas. Do local de captação até o Pacuí são 92 quilômetros e a previsão é a de que a obra esteja concluída em 16 meses. Vale lembrar que no total serão 148 quilômetros (de Ibiaí até Montes Claros).

Duas grandes
A construtora Odebrecht poderá emplacar mais uma obra no Norte Minas. É que ela está cadastrada entre as empresas que participam da concorrência de implantação do sistema de captação de água do rio São Francisco. Outra grande empresa que também está na concorrência é a Andrade Gutierrez.
 
A fé e a política
É fato que, aos poucos, parte da população vem se afastando das igrejas em decorrência do forte apelo político, já que padres e pastores aproveitam missas e cultos para colocarem em prática desejos e interesses políticos, inclusive candidaturas. Respeito a opinião de quem acha normal, natural ou necessário tal comportamento. Entretanto, o objetivo de quem vai a uma missa ou a um culto é buscar a palavra de Deus e não de político ou política.
 
Ubaí
Ontem, o município de Ubaí amanheceu triste com a notícia do falecimento do ex-prefeito Gerson Piau. Devido a problemas de saúde, ele, já há algum tempo, havia decidido pelo abandono das urnas. Este ano, o candidato do grupo do qual fez parte será o funcionário público municipal e produtor rural Farley Vieira (PTB). O atual prefeito, Marquinho Andrade, mais conhecido como Dr. Marquinho (PL), vai para a reeleição e pelo andar da carruagem não terá muitas dificuldades em renovar o seu mandato. Aliás, uma composição geral no município não é mais uma missão impossível.
 
Fiscalização Covid-19
Considero positivo o fato de a Prefeitura de Montes Claros ter ampliado o número de servidores para fiscalizar o comércio na área central da cidade e, principalmente, nos bairros, onde tem sido registrada a maioria dos desrespeitos aos decretos de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Diante da medida, seria importante começar a pensar na extensão do horário dos restaurantes da cidade, que apesar de cumprirem as determinações do Executivo, foram duramente penalizados.

Publicidade
Publicidade
Comentários