Derrota na reeleição

Preto no Branco / 19/11/2020 - 00h39

Ainda não foi possível fazer uma leitura exata do que aconteceu com as cidades do Norte de Minas, com mais de 50 mil habitantes, em que os atuais prefeitos não conseguiram emplacar a reeleição. A exceção foi Montes Claros, mas não tem como fazer um comparativo devido às características serem totalmente diferentes. A este respeito, o jornalista Luiz Ribeiro fez reportagem citando como exemplo o grupo liderado por Warmillon Braga, que desde 2004 vinha comandando Pirapora, mas este ano não conseguiu emplacar a reeleição da esposa Marcela.

Efeito Pimentel
O resultado da eleição este ano no Norte de Minas mostra que a maioria dos prefeitos não conseguiu a reeleição nem emplacar seu candidato. A justificativa para o fracasso tem sido creditada principalmente ao ex-governador Fernando Pimentel, que quebrou as prefeituras, retendo recursos das áreas de Saúde, Educação e o repasse do ICMS. Se não bastasse, ficou quatro anos sem realizar uma obra no Estado. Outro fator alegado pelos derrotados foi a pandemia da Covid-19.
 
Convidados e a comida
Comentamos ontem que candidatos derrotados na disputa proporcional em Montes Claros e que estiveram no “palanque” de Humberto Souto (Cidadania) estão fazendo vigília na prefeitura em busca de espaço. Enquanto isso, o prefeito continua isolado em sua residência e não quer nem saber do assunto. Muitos foram convencidos pelos seus partidos a participar da campanha, mas perceberam que após o resultado não terão direito sequer ao farelo do bolo do poder. Aliás, já tem suplente montando barraca na prefeitura.
 
Secretarias especuladas
No terceiro andar da Prefeitura de Montes Claros, já tiveram início as especulações em torno de mudanças no secretariado a partir de 1º de janeiro. É certo que o vice-prefeito eleito, Guilherme Guimarães, retorna para a Secretaria de Obras. Outra secretaria que sofrerá mudança será a Seplag, que antes do período eleitoral era ocupada pelo vereador reeleito Claudim da Prefeitura. Também é dado como certa mudança na Secretaria de Esportes. A dúvida nas mudanças fica por conta da Secretaria do Meio Ambiente, onde o atual dirigente, Paulo Ribeiro, já havia anunciado que este ano encerra seu ciclo na vida pública.
 
Retorno na Fiemg
O presidente Regional Norte da Fiemg, Adauto Marques, que havia se licenciado da direção da entidade para ficar apto a participar como candidato nas eleições deste ano, retoma a função já a partir desta segunda-feira (23). Neste período, a Regional esteve sobre a direção do empresário Ricardo Alencar. Vale lembrar que Adauto é o atual vice-prefeito de Montes Claros e havia a possibilidade da reedição da chapa eleita em 2016.

Publicidade
Publicidade
Comentários