Copasa multada

Preto no Branco / 12/11/2021 - 00h33

Sempre tive a preocupação de acompanhar todas as fases das críticas ou denúncias que postamos neste espaço. Ontem comentamos que, em relação aos abusos e ao pouco caso da Copasa no atendimento à população de Montes Claros, a prefeitura é corresponsável por ser o poder concedente. A este respeito, o vice-prefeito, Guilherme Guimarães, que responde pela Secretaria de Serviços Urbanos e pela presidência da Agência Municipal de Água e Saneamento Básico de Montes Claros, comentou que medidas são tomadas diariamente. Afirmou que a média é de duas advertências e multas por dia. 

Restaurante popular
A Prefeitura de Montes Claros já teria decidido sobre a utilização do prédio ao lado do Mercado Municipal, onde funcionava o Restaurante Popular. Como está descartado o retorno do restaurante, o mais correto seria discutir com a população a melhor forma de utilização daquele espaço. Decidir de cima para baixo não é o melhor procedimento.
 
Adeus Gabrich!
Ontem foi um dia triste para o Norte de Minas e, de forma especial, para os profissionais de comunicação. O falecimento do mestre, jornalista Felipe Gabrich deixou todos nós “sem chão”. Nos meus primeiros passos na imprensa tive a mão amiga do professor Gabrich. Foi meu editor em 1979 no Jornal do Norte, na Praça da Matriz, e também no Jornal de Notícias. Além da qualidade profissional, Gabrich era exemplo de retidão, de companheirismo e ética.
 
Transporte alternativo 
Por 40 votos a 17 a Assembleia Legislativa de Minas derrubou veto do governador Zema à proposição que estabelece novas regras para os transportes fretados. Na prática, o Legislativo derruba a concorrência, privilegiando os grandes empresários de ônibus do Estado. O prejuízo maior ficou para a população carente, que vê no transporte alternativo a forma barata de se deslocar.
 
TV Amams
No próximo dia 18, os prefeitos do Norte de Minas passam a contar com mais um instrumento de comunicação, que permite uma maior interação com a região. Trata-se da inauguração da TV Amams, que terá como diretor o companheiro jornalista Luiz Montes. A este respeito, o presidente da entidade, Nilson Bispo de Sá, comentou que a nova ferramenta permitirá que o município, a 800 quilômetros da sede da entidade, acompanhe os assuntos de interesse da região e de sua cidade especificamente.
 
STF/Congresso
Considero preocupante o excesso de interferência do STF em questões restritas do Congresso Nacional, principalmente na Câmara dos Deputados. Por coincidência, os pedidos e questionamentos em quase sua totalidade são oriundos da base de oposição ao governo federal e estes estão sendo acatados. Neste caso, aplica-se o velho ditado: “Quem muito abaixa mostra a ...”. O resultado é que o preço da fatura quem está pagando é a população.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários