Letícia & Douglas: enlace principesco

Magnus Medeiros / 06/07/2018 - 12h31

Há uma grande beleza nesta realidade: homem e a mulher, pelo amor, assumem uma aliança para toda a vida. E para quê? Primeiro por amor, para desfrutarem e viverem o amor entre eles: amando-se e sendo “felizes para sempre”. - É disso que o Catecismo está falando quando diz “bem dos esposos”. Em segundo lugar, porém não menos importante, o matrimônio é assumido para que o casal partilhe seu amor com os filhos que Deus lhes enviar. O perfeito amor é assim, difusivo: espalha-se, difunde-se, aumenta... Quanto mais amor, mais partilha. E mais expansão de amor. E foi assim que participamos no último final de semana, em Brasília (DF), da principesca cerimônia de casamento de nossa sobrinha-bisneta, a arquiteta Letícia Barbosa Rodrigues com o capitão do Exército, Douglas Magela Martins, coroando um momento tão aguardado pelos dois. Inicialmente, a escolha do local, a imponente Catedral de Brasília, palco do ato religioso oficiado pelo querido Padre José. A renomada Orquestra TOCATA, ao som de violinos, coral e belíssimas vozes de solistas, o noivo Douglas adentrou ao templo pelo braço de sua emocionada mãe, Maria Helena Magela Martins ao som do Hino Champions League. Em seguida, Susye Barbosa Rodrigues, a mãe de Letícia, ao som de Jesus Alegria dos Homens, veio a seguir com o pai do noivo, Gerson Borges Martins. A entrada dos elegantes padrinhos mereceu fundo musical da melodia Um Giorno per noi (Lovy Story). Aquarela Musical foi o tema musical escolhido para a entrada das lindas damas e pajem. Neste momento, sinos que ecoavam e a tradicional Marcha Nupcial transformaram aquele momento mágico em pura emoção. Letícia adentrou ao templo pelo braço do seu pai, Jodeir Rodrigues da Silva, serena, elegante e, quando atingiu a metade da nave, a orquestra executou a melodia Céu de Santo Amaro. A noiva usou um belo rico modelo bordado, exclusivo do famoso estilista braziliense Paulo Araújo, bouquet de Rafaela Orlandini e jóias de Dora. As avós Dona Salete e Dona Marlene conduziram ao altar um painel com a bênção do Papa Francisco e a imagem de Nossa Senhora Aparecida, respectivamente, enquanto Daniella, irmã da noiva, conduziu a imagem de Nossa Senhora das Graças. Terminada a cerimônia, os noivos deixaram a nave ao som da música Stand by me, quando colegas oficiais do noivo, do Exército em São Paulo, usando farda de gala, cruzaram espadas para a passagem triunfal dos nubentes. Sensacional! 

Cinematográfica recepção 
O salão de festas “Mansão dos Arcos”, um dos locais mais disputados para festas requintadas no DF, foi cenário indescritível. De linhas arquitetônicas de beleza sem par, funcional e luxuoso, recebeu uma decoração que jamais presenciamos em 39 anos de jornalismo, assinada pela famosa decoradora da capital federal, Dirce, com materiais rosa, marsala, madeira e vidro. Flores nobres em profusão em arranjos aéreos e sobre as mesas complementados por peças em vidro, de grande efeito. Um autêntico palácio, contendo em seu interior, inclusive, um espelho d´água. Os requintados talheres, pratos, guardanapos e suplás, foram outros detalhes que chamaram a atenção. Com a chegada dos convidados, uma equipe de garçons das mais treinadas, iniciou o serviço com vinhos e uísque importados, intercalados por salgadinhos decorados e deliciosos. Neste momento, um jantar (de cardápio internacional) já estava à disposição dos convidados. A assinatura foi de Adriana Buffet. As diversas mesas de doces foram de Cecília Falcão e Cirônia, o artístico bolo de Cecília Falcão e os bens-casados de Lalá. Todas elas, disputadíssimas pela sociedade. Após o brinde de champanhe, veio o momento da coreográfica valsa dançada pelos noivos ao som da Banda DJ e Sonorização: Casa 20. Os irmãos da noiva Patrícia, Daniella e Luiz Felipe foram de uma atenção à toda prova para os convidados. Um registro especial para a competência e perfeita atuação do Fabi Gattai Cerimonial e Eventos, que deu um show. Uma festa inesquecível, onde o requinte, beleza, suntuosidade e bom gosto foram destaques. Noivos felizes, os pais Susye Barbosa-Jodeir Rodrigues da Silva e Maria Helena Magela-Gerson Borges Martins idem. Familiares e convidados especiais (cerca de 400) tecendo rasgados elogios ao gabarito da comemoração. Letícia e Douglas fixaram residência em São Paulo, capital. As fotos que ilustram esta página são do fotógrafo Celso Júnior.

Publicidade
Publicidade
Comentários