Tucano fuzila calote

JJ em Dose Dupla / 14/09/2018 - 07h42

O vereador tucano Edmilson Magalhães, que abraçou a causa dos ex-servidores demitidos da Prefeitura de Montes Claros na luta contra o calote, voltou a criticar na tribuna o ritmo lento dos pagamentos. Ele declarou que, em conversa com o prefeito Souto, pediu a ele que tomasse providências urgentes nesse sentido e lembrou que Souto pediu ao secretário da Seplag, Claudinho, que fizesse o levantamento das pessoas que têm até R$ 10 mil para receber. Em nota: o secretário atribuiu o ritmo tartaruga dos pagamentos à sobrecarga de trabalho na Secretaria de Administração. Em tempo: o calote se arrasta há 19 meses. Por outro lado, Souto confirma candidatura à reeleição e, a partir de janeiro, deverá provocar um inchaço da máquina administrativa, contratando 2 mil lideranças. O engraçado é que não há previsão de pagamentos para o restante de servidores que agonizam sem receber. Enquanto isso, as contratações eleitoreiras já estão confirmadas a partir de janeiro.
 
Jogo com vereadores
Souto volta a adular os vereadores diante da rejeição dos mesmos derrubando vários vetos do prefeito. A rádio peão do palácio da Cula Mangabeira está anunciando que, a partir de janeiro, cada vereador terá direito a indicação de 50 lideranças para ocuparem cargos no staff. É a volta do toma lá, da cá.
 
Mudanças no tabuleiro
O esfaqueador de Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, montes-clarense que foi garçom no Dimas Lessa Hotel anos atrás e, também, um dos mentores do Fora Tadeu, não conseguiu convencer a Justiça de sua suposta loucura. O atentado a Jair Bolsonaro embolou no segundo lugar a disputa pela sucessão presidencial. Com isto, candidatos à Presidência do Brasil estão refazendo suas estratégias de campanha eleitoral.
 
PF x Esfaqueador
A Polícia Federal vai pedir nas próximas horas a quebra de sigilo bancário das contas do esfaqueador do candidato à Presidência Bolsonaro (PSL). Nos últimos sete anos, Adélio Bispo de Oliveira passou por 12 empregos e o que chama a atenção é que em nenhum deles permaneceu mais que três meses. Ele dispõe de dois cartões de crédito internacionais do Itaú.
 
Fenics na rota
A 23ª Feira Nacional da Indústria, Comércio e Serviços de Montes Claros (Fenics) colocou a famosa e calorenta terrinha de JJ na rota dos candidatos nesta eleição de 2018.

Publicidade
Publicidade
Comentários