Hoje tem música, teatro, danças, folclore e poesia com Saulo Laranjeira e convidados

Gente e Ideias / 17/03/2018 - 18h26

Desde ontem, a carreta/palco que traz a Montes Claros a Caravana Horizontes Culturais está estacionada na praça dos Jatobás para festejar a arte-cultura brasileira.

Saulo Laranjeira desembarcou em Montes Claros e convidou o grupo Banzé, Pedro Boi, Eustáquio Correa, Maia Y Boavista e Luciano Pacco para uma apresentação neste sábado, recheada de música, teatro, danças, folclore e poesia.

Em entrevista ao “O Norte”, ele contou que sonhar é sempre necessário para seguir em frente e enfrentar novos desafios. 

“Sinto-me em paz com a minha trajetória artística. Muitas etapas foram vencidas, mas a estrada é longa e infinita”, disse o ator, humorista, apresentador e compositor mineiro Saulo Laranjeira.

O show acontecerá hoje, na praça dos Jatobás, a partir das 17h, com todas as atrações gratuitas.Confira nosso bate-papo:
 
O que significa Montes Claros para você? Que sentimentos afetivos tem em relação a nós, que o acolhemos aqui em nossa terra desde o início de sua trajetória musical? E Pedra Azul?
Montes Claros sempre foi uma referência cultural importante para todos nós mineiros, uma cidade que faz parte da minha história, que me acolheu no início da minha carreira com generosidade e respeito, lugar onde cultivei bons frutos e colhi boas amizades. E como o meu trabalho artístico tem características expressivas da cultura regional, a região do Norte/Nordeste de Minas é uma fonte de inspiração fundamental para o meu trabalho como artista e gestor cultural. Pedra Azul é o meu berço, a minha terra querida, onde fui embalado com amor e reconhecimento. Por onde eu andar, correndo ‘trecho’ nas estradas do mundo, as lembranças dos momentos inesquecíveis da minha infância, onde agucei a minha sensibilidade para o encantamento da cultura popular, estarão sempre vivas no meu coração.
 
No auge do prestígio que desfruta atualmente, qual o principal recado que você daria para os jovens talentos musicais que moram no interior de Minas?
Que todo artista jovem entenda que a dedicação e respeito a sua arte é fundamental para que ele encontre motivação para cumprir a sua missão. Que o mais importante seja a alegria e o prazer em criar a sua arte. Que o sucesso e reconhecimento seja uma consequência natural na sua trajetória artística.
 
Você é otimista ou pessimista em relação aos novos valores que a boa música brasileira nos apresenta hoje em dia?
A música popular brasileira vai muito bem obrigado! Atualmente, muitos cantores e compositores inspirados surgem, naturalmente, a cada ano em várias regiões do Brasil. Sou otimista quanto à existência perene de grandes artistas e à diversidade musical sempre presente no cenário da música brasileira. O que podemos lamentar é a falta de mercado e o desinteresse da mídia, que domina a informação e a divulgação da nossa arte, em valorizar, principalmente, os novos talentos, que se dedicam em preservar a qualidade da boa música popular brasileira! 

 

 

Publicidade
Publicidade
Comentários