Café Virtual D’Elas

Gente e Ideias / 30/03/2021 - 00h15

Durante o isolamento, reunir-se virtualmente com os amigos e a família é importantíssimo, afinal, enquanto todos ainda não se vacinarem, não é possível tomar aquele cafezinho ou chá no fim da tarde, nem ir àquele restaurante favorito para prosear. Coisas que fazem tão bem para a alma e ajudam a nutrir os laços de todos, fazendo os dias mais leves e tranquilos.

Pois bem, a médica e reitora da Funorte, Raquel Muniz, teve a ideia de encontrar parte de suas amigas e colegas de trabalho através do Google Meet. 

O convite chegou juntamente com uma caixa com biscoitos, cappuccino, xícara de café personalizada, entre outros mimos. 

O encontro a distância, no sábado (27), foi marcado pela troca de experiências e, principalmente, pela alegria de matar a saudade e saber um pouco da outra, ainda que pela telinha.

Para a jornalista e rotariana Felicidade Tupinambá, uma das convidadas, em dias sombrios como os que estamos vivendo, o convite para o café, ainda que virtual, soou como um bálsamo, uma alegria para a alma, uma trégua neste distanciamento social a que todos estão submetidos. 

“Foi, sobretudo, um momento feliz. Matei a saudade de muita gente que fazia tempo que não via. Foi muito prestigiado e estou agradecida por ter participado desta manhã de sábado tão especial. A cesta de café, enviada antecipadamente, foi mais um mimo que Raquel sabe fazer como ninguém”, contou.

Aquecer o coração e trazer um pouco de leveza para a dura realidade que temos vivido foi, segundo Raquel Muniz, o principal ingrediente desse café.

“O isolamento social, embora necessário nesse momento, entristece o coração e a alma. Reunir pessoas tão queridas para aquele dedo de prosa nos enche de esperança e de energia. Saber que não estamos sós, que nos importamos uns com os outros, nos traz a força necessária para enfrentarmos dias tão difíceis”, frisou ela.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários