Isso é fácil!

Frida e Pagu / 29/06/2021 - 00h22

Qual é a coisa mais fácil a fazer? Receber um dia em branco e transformá-lo num grande dia. Depende do que escolhermos para ocupar a mente. É fácil respirar. É fácil ver. É fácil sentir. Não é fácil sorver o ar para quem tenha uma doença respiratória. Muitos não podem enxergar. Aos que podem, façam bom proveito desse ar puro e desse mundo bonito disponível lá fora.

É fácil acolher, dar amor, respeito e compreensão. Doar sentimento e afeição não tem custo de face. É grátis. Oferte o que há de melhor em você!

Por que anda tão difícil distribuir afetos? Doar tempo pode não ser tão fácil, considerando-se que é o seu bem mais caro, sem nenhum outro que lhe possa ombrear. Nessa doação entra atenção, aquele período recheado de carinho, e que faz tanto bem oferecer quanto receber.

Enviar um áudio pessoal carinhoso, perguntando como aquela pessoa está e, se possível, nomear detalhes de que tenha conhecimento. Será bom para ela falar de si e daquilo que lhe é caro. Essas atitudes são fáceis de tomar, valorizando e melhorando o receptor.

Lembrou do seu amigo? Liga para ele! Não deixe para amanhã. No outro dia, mais um aconchego. Passa em sua porta e lhe dê um adeusinho. São gestos valiosos que significam muito ao doador e ao receptor.

Cultive e dê flores, um presente que chega carregado de ternura. Ofereça doces e chocolates, para quem possa comê-los. Todo mundo sabe que esses presentes não levam apenas valor material, mas muito em valor afetivo.

Quando criança, poucos não terão visto a mãe ao sair, diante da reclamação dos descontentes que ficam, dizer: não chorem! Eu lhes trarei doces. É por isso que os adultos, insatisfeitos, diante de uma frustração, com a desculpa de que sentem ansiedade, ingerem doces. O que querem é o colo da mãe, e na falta de amor comem.

Elogios sinceros são bem-vindos em todos os quadrantes. Já os elogios exagerados são malvistos e, por soarem falsos, há quem os dispense.

Com uma lista tão grande de coisas fáceis a fazer, ainda há os que dizem serem fáceis duas coisas: tomar doce de criancinha e empurrar bêbado na escada. Não são fáceis, são crueldades.

Quando todas as coisas fáceis estiverem feitas, deixe esta lista de lado e vá fazer algo difícil, como por exemplo, combater o mal.

Publicidade
Publicidade
Comentários