Hortaliças em casa

Frida e Pagu / 07/09/2021 - 00h38

Na adolescência, muitos ensaiaram versos ao amado, assim como vários adultos quiseram produzir alimentos em casa, em especial durante os piores momentos da pandemia. E que eles não voltem.

Mesmo em apartamentos exíguos, há um espaço onde bate sol e uma hortinha em vasos poderá ser iniciada. Onde houver uma área aberta, vasos maiores em vários formatos de acordo com o que se queira cultivar podem ser providenciados. Melhor ainda se houver um quintal, de que tamanho for, para que se faça um canteiro.

Podem-se comprar saquinhos de sementes ou plantar parte do vegetal, do legume ou das sementes do que foi comido. É uma maneira de, devido ao prazer de produzir e colher sentir-se estimulado a experimentar novos e suaves sabores, treinando o paladar para o delicado.

Quanto mais natural o legume e a verdura forem consumidos, melhor, colocando-se azeite e uma quantidade mínima de sal. É bom evitar molhos industrializados, porque a ideia aqui é levar adiante uma horta orgânica, sem agrotóxicos ou fertilizantes químicos e preparar uma salada natural.

É uma alegria ver o que foi semeado brotar e prosperar. Há ensinamentos na internet sobre como fazer mudas e como transplantá-las, no entanto, podem-se tentar fazer na intuição, preparando a terra, adubando, plantando, molhando e reparando no novo vegetal diariamente.

A plantinha frágil requer a rega na quantidade adequada, assim como fertilizantes naturais. No caso das frutíferas, acompanhar o crescimento, o aparecimento de botões, floração e frutificação é um gosto que faz tirar o olho da tela para ver a natureza em ação.

A árvore frutífera em grandes vasos em apartamentos poderá manifestar boa floração e não aparecerem frutos. Lembrar da altura do apartamento, inacessível às abelhas, assim como da preocupante escassez desses insetos indispensáveis à polinização.

Na ausência total deles, no caso de pé de maracujá, de jabuticabeira e outros, uma amadora mistura de pólen poderá ser tentada, tocando uma flor e a outra através do uso de palitos com algodão nas pontas. Soube que funciona.

Na minha incipiente investida no cultivo de comida, tenho meu pé de araçá na segunda poda, para brotar com força quando a primavera chegar, ora-pro-nóbis, manjericão e tomateiros. E que a minha colheita seja boa!

 

Publicidade
Publicidade
Comentários