Branco que te quero branco

Frida e Pagu / 24/11/2020 - 00h02

Sorrateiramente, a sociedade vai imprimindo sua ideia sutilmente. E funciona de tal forma que ninguém percebe, de pronto, que nas entrelinhas uma ordem está sendo construída. Listemos e analisemos alguns dados pegos aleatoriamente.

A cor branca resulta da combinação de todas as cores, e pode ser decomposta pelo prisma nas sete cores do arco-íris. Indicando assepsia, médicos se vestem de branco.

O branco, em várias civilizações, está acoplado à pureza, à virgindade, por isso a noiva se veste de branco e, há algum tempo, portava nas mãos um ramo de flor de laranjeira.

Diz uma música antiga: “Branca e radiante vai a noiva. Todos dirão que é de alegria”. Os lençóis brancos também são carregados de simbolismo. Em comunidades de usos primitivos, o lençol manchado de sangue, apresentado publicamente, é prova da honra da noiva.

O véu branco era usado pelas moças nas igrejas, simbolizando, mais uma vez, a pureza. Quando uma criança pequena e inocente quer participar de uma brincadeira com crianças maiores, estas a aceitam no jogo, mas se olham significativamente e dizem entre si: carta branca. Ou seja, é um faz de conta, porque não vale nada.

Quando, numa fala, se esquece de algo importante, num momento crucial, em que é preciso pedir desculpas se diz: Deu-me um branco. A inveja, para não ser mal vista, se confessada, se diz ter uma cor: inveja branca. Ter alma branca é privilégio e significa bondade.

Quando a pessoa, devido a uma emoção, fica pálida, se diz: branca como cera. Obviamente, os mestiços brasileiros não terão essa cor. Caso um fato importante precise ser comemorado, mas, parece que a festa está ameaçando não acontecer, se diz: não podemos deixar passar em brancas nuvens.

Quando numa guerra, um dos lados é vencido, para salvar vidas, o pequeno grupo surge de mãos para cima, sacudindo uma bandeira branca. Quem se rende brande esse pendão, que significa paz. Por sua vez, a pomba da paz também é branca.

Parece natural ser assim, a menos que façamos uma análise de frases envolvendo a cor preta, para ver que a desconstrução da autoestima do outro grupo não é por acaso. Assim, é preciso que haja o Dia da Consciência Negra, enquanto houver racismo, para que se faça seu combate.

 

   
 
 

Publicidade
Publicidade
Comentários