Custos invisíveis – Como esses gastos podem comprometer o lucro de uma empresa

Espaço do Empreendedor / 07/04/2021 - 00h20

Quando pensa em reduzir custos, é muito comum que o empreendedor se lembre apenas de grandes gastos, como compras realizadas junto a fornecedores ou despesas com salários de funcionários. É bem verdade que estes precisam, sim, ser olhados constantemente, pois representam grande parte dos gastos de uma empresa. Existem, porém, outras despesas que a princípio são difíceis de serem notadas, mas, se houver um esforço para identificá-las e reduzi-las, a lucratividade da empresa pode aumentar de forma significativa. 

Um custo invisível é aquele que não necessariamente exige um desembolso imediato de dinheiro, ou seja, no momento em que ocorre, mas que indiretamente contribui para reduzir o lucro do negócio. Seguem, aqui, cinco situações geradoras de custos invisíveis aos quais é preciso ficar atento em uma empresa: 

- Retrabalho: Este gasto é gerado pelo fato de uma determinada tarefa não ter sido executada corretamente ou não ter atendido a expectativa de qualidade do gestor ou do cliente. Procure monitorar mais as atividades da sua equipe e identifique falhas que precisam ser corrigidas. Deixe claro também o que espera de cada um e de suas respectivas tarefas. 

- Desorganização: A falta de organização pode trazer grandes prejuízos para o negócio. Sem organização a empresa perde em produtividade e prejudica a própria imagem diante dos clientes. Oriente sua equipe a manter seus postos de trabalho organizados, a dispor os produtos nos lugares corretos e a descartar tudo aquilo que não é mais necessário. 

- Contratação sem critérios: Quando se contrata pessoas que não têm o perfil adequado a uma função é grande o risco de se gastar desnecessariamente. Primeiro porque provavelmente aquela pessoa terá dificuldade para executar bem o seu trabalho, afetando a produtividade da equipe e também a qualidade perante o cliente. Em seguida, você pode ter que demitir essa pessoa, o que envolve mais custos. Por isso, busque no processo de contratação definir o perfil ideal para a vaga disponível assim como identifique quais competências serão necessárias para executar a função. 

- Manutenção inadequada: A falta de manutenção preventiva em equipamentos, veículos e máquinas também pode gerar muitos custos, tanto no desempenho quanto em uma possível troca. É fundamental, portanto, preestabelecer datas para manutenções preventivas, com o objetivo de reduzir custos com a quebra e também outros gastos devido à falta de determinado equipamento. 

- Clientes mal atendidos: Um cliente insatisfeito costuma relatar a má experiência para vários outros potenciais clientes. Não deixe uma insatisfação sem resposta, busque compreender o problema e trate a resolução da melhor forma possível. Invista no atendimento da sua empresa e encante seu cliente a ponto de ele vir a divulgar seu negócio para outros. 

Que tal você, empreendedor, parar para analisar os procedimentos adotados em sua empresa? Será que algum gasto pode estar comprometendo o seu resultado? 

Tudo aquilo que implique em falta de padronização, ineficiência, insatisfação da equipe, comunicação falha, desperdício de tempo pode, sim, comprometer os lucros de uma empresa. Portanto, monte planos de ação para melhorar suas práticas e conquistar melhores resultados. 

 

 
 
 

Publicidade
Publicidade
Comentários