Mulher...Mulher...

Postado em 05/03/2021 00h01
Mulheres são arbóreas! Mulheres são diversidade! Paineiras que não se dobram à ventania Jacarandá força e determinação diante das tempestades A generosidade na abundância de seus frutos: são as mangueiras A elegância descrita na folhagem abundante As araucárias têm o porte ereto e olhar para cima;...

Mãos de Deus - o presépio de Grão Mogol

Postado em 26/02/2021 00h10
Os presépios me acompanham desde a minha infância. Uma tia-avó, quando chegava dezembro, já começava a tingir papéis, tipo sacos de papel bem grandes e fortes. Ela os abria e tingia-os com uma tinta artesanal caseira feita com goma, água e carvão moído. Pintava-os com as próprias mãos com rajadas de...

Grão Mogol: um orquidário de pedras

Postado em 19/02/2021 00h01
Grão Mogol é uma cidade no Norte de Minas Gerais com 17 mil habitantes, um clima agradável e chuvas periódicas. Cercada por pedras, numa edificação imponente, que só o Engenheiro por excelência poderia realizar. São pedras angulares bem lavradas e dispostas umas sobre as outras numa engenhosidade...

Minas Gerais tem praia

Postado em 12/02/2021 00h28
Eu era menina! Nunca tinha visto o mar, a não ser em revistas, livros, embora fosse uma ideia muito pálida daquele aguaceiro, que conheci um dia já com 15 ou 16 anos de idade. Fiquei deslumbrada! No Leblon (RJ) eu não tirava os olhos do mar, do grande Oceano Atlântico, e, ali, era apenas uma porção,...

Minas Gerais, os amores que me encantam

Postado em 05/02/2021 00h02
Minas Gerais é o segundo Estado brasileiro em número de habitantes: cerca de 21.119.536. É o quarto em extensão territorial. Possui 853 municípios. Dentre eles estão as cidades históricas e as estâncias hidrominerais. Estas últimas são Caxambu, Cambuquira, Poços de Caldas, São Lourenço, Lambari,...

A força da mulher mineira numa cidade arrojada

Postado em 29/01/2021 00h01
Minas Gerais é um Estado depositário de algumas cidades históricas, cheias de fatos e personagens prodigiosos. Diamantina, por exemplo, é uma cidade histórica, de uma riqueza cultural incontestável. Ali, pode-se desfrutar de momentos enriquecedores ao som da vesperata com os músicos (cantores e...

Carta a Minas Gerais

Postado em 22/01/2021 00h07
Oh, Minas Gerais... Oh, Minas Gerais... Abraço-a com ternura pelos seus 300 anos; Trezentos anos com movimentos mirabolantes,  Entre colinas e montes vencendo as tempestades Buscando realidades. Você acolhe culturas, saberes, cidades e vilas E agrega os claros montes da alvissareira Montes...

Velho Chico, o rio da unidade nacional

Postado em 15/01/2021 00h02
Tenho certa afinidade e um relacionamento de longa data com o Rio São Francisco; desde menina, no então chamado Curso Primário, chego a ver através das lembranças a professora falando sobre o Rio São Francisco, seus afluentes à direita e à esquerda, o seu nascimento na Serra da Canastra, a Cachoeira...

Continua a não haver lugar

Postado em 08/01/2021 00h01
“E teve a seu filho primogênito; envolveu-o em faixas e o deitou em uma manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem” (Lucas 2:7) Muitas datas são comemoradas no decorrer do ano e que são muito especiais. Cheias de emoção e de um alvoroço incríveis convidam todos a participarem à sua...

O Natal do Sapateiro

Postado em 18/12/2020 00h34
Foi na época do czarismo na Rússia. Final do século 19 e início do século 20. O povo era ortodoxamente cristão. Lá, numa pequena aldeia russa, Nicolau, bem cedo, na véspera do Natal, levado pelos sons que enchiam o ar, pôs de lado suas ferramentas de sapateiro e saiu e vagueou pelas ruas da vila....

A literatura de cordel

Postado em 11/12/2020 00h02
Em 19 de novembro, comemoramos o Dia do Cordelista, em alusão ao aniversário do poeta paraibano Leandro Gomes de Barros (1865-1918). A Academia Brasileira de Literatura de Cordel foi fundada no Rio de Janeiro em 7 de setembro de 1988.  Está situada na rua Leopoldo Fróes, 37, no bairro de Santa...

Conquistas requerem luta

Postado em 04/12/2020 00h29
O Monte Everest, a mais alta e mais cobiçada montanha do planeta, ficou maior. Sua altura oficial aceita desde 1954 era 8.848 metros, mas sofisticados aparelhos de medição constataram uma diferença, para mais, de dois metros. Além de ter crescido, o Everest “anda”. A cada ano ele se desloca seis...