São João del-Rei - outra cidade de Minas Gerais

Pilar Literário / 16/04/2021 - 00h01

Há quase 300 anos, um dos primeiros povoadores dos sertões de Minas, Tomé Portes del Rei, estabeleceu-se às margens do rio das Mortes. Com a descoberta de importantes minas de ouro naquela região por João Siqueira Afonso, Tomé Portes, a conselho dele, pôs-se a procurar novos filões de ouro, os quais foram realmente encontrados, dando origem à formação de um novo arraial, que recebeu o nome de Nossa Senhora do Pilar.

Em 1713, o florescente povoado passou à vila com o nome de São João del-Rei, em honra de D. João V, rei de Portugal e de Tomé Portes del Rei. Em São João del-Rei, na fazenda do Pombal, nasceu Tiradentes, o herói da Conjuração Mineira.

A cidade encontra-se inserida numa região tida como núcleo original da mineração no século XVIII. Apresenta uma área de aproximadamente 1.463.590 Km e uma população de 90.500 habitantes, segundo o censo do IBGE em 2020.

Atualmente, a região de São João del-Rei está localizada na zona fisiográfica denominada Campos das Vertentes, delimitada pelas regiões Sul, da Mata e Centro do Estado de Minas Gerais. 

Os viajantes que passavam por São João del-Rei ficavam vislumbrados com o aspecto dinâmico do local. As características dessa “cidade comercial” tinham sido destacadas por aqueles que a visitavam, enfatizando a presença das lojas fornecidas de todos os artigos de luxo e do comércio europeu. 

Tratava-se, portanto, de uma localidade caracterizada pela intensa comercialização. Contava com muitas casas de diversos gêneros do país e também de secos e molhados. São João del-Rei é uma cidade histórica, turística e universitária. 

O toque dos sinos de São João del-Rei é referência para as demais cidades, porque compõem um conjunto complexo não só de badaladas, pancadas, repiques e dobres, todos nomeados e com uma estrutura formal precisa, porque apresentam um alto grau de sofisticação em sua forma e execução.

São muitos os sineiros treinados para badalarem os sinos em momento oportuno: um deles é Nelson José dos Santos.

O trem que circula de São João del-Rei a Tiradentes é a Maria Fumaça: é a mais antiga a rodar no Brasil desde 1881 e é a principal atração turística da região. O trajeto é curto, porém a experiência é emocionante! 

Dura cerca de uma hora e percorre o interior da região rodeada por pequenos sítios e agricultura da família. A antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM), inaugurada em 1881 por Dom Pedro II, abre caminho entre o Cerrado e a Mata Atlântica para levar o turista a um belo passeio pela serra do Complexo de São José. 

São 12 Km de travessia por uma belíssima diversidade ecológica e paisagens que ainda preservam a arquitetura do século XIX. Tudo isso a bordo da Maria Fumaça, a mais antiga em operação no Brasil.

Além das belezas naturais, o passeio também conta com grandes atrações turísticas e culturais, como a Rotunda, o incrível giro da locomotiva realizado de maneira manual preservando o costume da época da Maria Fumaça, e o Museu Ferroviário.

É uma viagem pela história e cultura de Minas Gerais.

Oh, Minas Gerais como lhe esquecer?

 


 

Publicidade
Publicidade
Comentários