Correr ou andar é saudável

Pilar Literário / 14/01/2022 - 00h02

As Corridas Atléticas, dentre as diversas formas que o homem usa para se locomover, desde o seu nascimento, é aquela que chama maior atenção, por ser o meio mais rápido e também por ser utilizada em forma de competição na maioria dos esportes.

Nos primeiros Jogos Olímpicos, os gregos já organizavam competições de corridas de velocidade. Naquela época, se via claramente as diferenças de estilo entre os velocistas e corredores de longa distância.

Os helênicos também davam muita importância às corridas atléticas a ponto de os espartanos avaliarem uma pessoa de acordo com o seu rendimento nessa modalidade esportiva. As mulheres também treinavam e competiam em corridas longas. E o mesmo acontecia com crianças, estas em corridas de menores distâncias.

Os gregos também chegaram até a considerar a corrida como sendo de vital importância para as funções orgânicas, acreditando que elas fortaleciam as pernas, os pulmões, o coração, o peito e o abdômen.

Quando criança e na adolescência, eu corri muito num tempo em que não havia pódio e nem premiação. Era um correr prazeroso e que nos proporcionava saúde. Hoje eu não corro, mas faço caminhadas sistemáticas há muito tempo, o que é um grande prazer para mim. Tenho uma sobrinha, que é maratonista e ela corre em muitas corridas em vários estados brasileiros. Já correu na São Silvestre em 2019. Em 2020 não houve a corrida, em consequência da Covid-19 e, no ano passado, ela não correu, pois estava de plantão no hospital. Ela é médica e é nosso orgulho.

A Corrida Internacional de São Silvestre é uma corrida de rua realizada na cidade de São Paulo, em 31 de dezembro, dia de São Silvestre (data de morte do papa da igreja católica, canonizado também neste dia, anos depois, no quarto século da era cristã). Começou a ser disputada em 1925, data de sua criação, como atletismo, organizada pela Fundação Cásper Líbero –A Gazeta Esportiva.

Em 1989, passou a ser realizada à tarde. Desde 2012, ocorre no período da manhã. Tem um percurso de 15 Km desde 1991. O percurso de 15 Km passa por alguns dos principais pontos turísticos da cidade de São Paulo, com largada na avenida Paulista, próximo ao número 2.000, e chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, também na avenida Paulista, 900.

A avenida Paulista é um dos cartões-postais de São Paulo, certamente o mais famoso da cidade, e já coleciona muita história em seus quase 130 anos de vida. Hoje, o logradouro é polo comercial e cultural da cidade, e recebe mais de um milhão e meio de pessoas por dia.

Uma caminhada ao longo dos três quilômetros da avenida nunca é igual à outra. Por lá, encontramos o Masp, com o acervo de arte mais importante do hemisfério sul, cafés, bares, restaurantes, diversos centros culturais, cinemas, parques, shoppings e livrarias.

Uma caminhada pela avenida Paulista não só fortalecerá o físico, mas também o emocional, o intelectual e o espiritual, proporcionando-nos a saúde de que necessitamos. Poderemos não subir ao pódio, mas seremos premiados com o galardão dos que buscam serem saudáveis na corrida incessante da vida.

Publicidade
Publicidade
Comentários