Pode chegar, 2021!

Editorial / 31/12/2020 - 00h25

Fim de ano: hora de fazer um balanço do que aconteceu no ano que está terminando, pesar o que foi feito, o que deixou de fazer. Momento também de planejar o novo tempo. O que está na sua listinha de desejos, expectativas e metas?

Depois de um 2020 tão conturbado, imprevisível e desgastante, em função da pandemia pelo novo coronavírus, muitos desejam que, em 2021, a Covid-19 seja controlada, a vacina chegue e que todos possam ser imunizados contra essa grave doença. O pedido de saúde é uma constante na fala de quase todos com quem conversamos. Afinal, vale aquela máxima de que “saúde é o mais importante, o resto a gente corre atrás”.

Mas um dos desejos mais falados por pessoas que foram entrevistadas por O NORTE é o de mais solidariedade e amor ao próximo. Talvez, nesse período de isolamento, o individualismo tenha ficado mais exacerbado. Além disso, o espírito de coletividade foi testado e ainda está sendo. E muitos não o têm. Isso ficou evidente no comportamento de quem se negou a ficar isolado, a respeitar o distanciamento social, a usar máscara ou adotar outras medidas de proteção para si e para o próximo.

Também está na lista o pedido por mais abundância, com bons ventos soprando para os negócios. Afinal, quase todos amargaram perdas financeiras em 2020 - alguns mais, outros menos. E a expectativa é a de que 2021 possa chegar com mais desenvolvimento, progresso e oportunidades.

Enfim, que cada um faça sua lista, ore e peça ao Universo que as energias para 2021 sejam abundantes em alegria, fé, amor e saúde. Que a gente possa sair de 2020 com um aprendizado após tanta dor, perdas e medo. Só assim poderemos construir um mundo melhor, mais digno e justo.

Feliz 2021!

Que a gente possa sair de 2020 com um aprendizado após tanta dor, perdas e medo. Só assim poderemos construir um mundo melhor, mais digno e justo.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários