Falta de senso compromete o censo

Editorial / 29/04/2021 - 00h02

O Censo Demográfico, realizado a cada dez anos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), colhe, junto à população, dados fundamentais que após processados norteiam várias políticas públicas já existentes, ajudam a corrigir rotas das políticas que estão em desacordo com a realidade apreendida pelos aplicadores e, ainda, apontam ou não, para a necessidade de novas políticas. No entanto, a pesquisa não acontecerá em 2021. A falta de senso do governo federal, que atribui o cancelamento do Censo à falta de recursos, vai deixar os brasileiros e, principalmente, municípios sem informações que podem afetar o planejamento de ações a serem implementadas a médio prazo.

A coleta de dados que deveria ter acontecido em 2020 e foi adiada para 2021 ainda não tem nova data para acontecer e isso causa ainda mais temores naqueles que acreditam que as informações seriam estratégicas para o Brasil avançar em áreas como a educação, saúde, tão em alta no momento, na economia e no social. A ausência dos dados, que é uma espécie de investigação social, já que mostra a escolaridade das pessoas, o nível de analfabetismo, o perfil etário da população, a renda do brasileiro, enfim, mostra como o brasileiro está vivendo e como tem sido o seu comportamento social, vai comprometer o futuro do Brasil como nação. Sem o levantamento, haverá vácuos que, certamente, o país levará anos e muitos censos demográficos mais para preencher, sem contar que a falta dos dados vai impactar diretamente no desenvolvimento do país.


De acordo com especialistas, a não realização do Censo, que deveria acontecer neste início da terceira década do século 21, além de trazer consequências que no momento são impossíveis de dimensionar, vai punir com severidade a população mais pobre, mais dependente das políticas públicas. 

São essas pessoas, que estão na base da pirâmide social brasileira, que mais sofrerão as consequências, com perdas que talvez se tornem irreparáveis ao longo do tempo. Para estes fantasmas sociais, infelizmente, a falta de senso e de censo fará com que a invisibilidade continue sendo sua cruel realidade...

 

Publicidade
Publicidade
Comentários