Milhões sem fiscalização

Conversa Inteligente / 24/09/2020 - 00h07

Milhões estão sendo gastos com a justificativa de combater a Covid-19 em Montes Claros. O curioso é que a doença continua avançando e a prefeitura ainda não explicou detalhes dos gastos, mas continua solicitando mais dinheiro. 

Sobra dinheiro
Atendendo solicitação do prefeito Humberto Souto (em casa, sob cuidados médicos), a Câmara Municipal aprovou, sem nenhuma discussão, exatamente R$ 40.311.736. 
 
Doença avança, sobram milhões
O que leva o governo municipal a gastar milhões, enquanto o coronavírus continua avançando, atingindo de maneira crescente o montes-clarense? Óbvio que algo está errado na eficiência dos gastos para combater a doença. 
 
Falta transparência 
Sem uma fiscalização rigorosa, a atual administração não se preocupa em antecipar as informações necessárias de como estão sendo gastos cada real dos milhões liberados para investir na prevenção da Covid-19.
 
Faltou prevenção 
O que levou o governo municipal de Montes Claros a não investir os milhões liberados pelo governo federal de maneira clara na prevenção? Por que só agora, próximo da eleição, solicita de maneira emergencial milhões para enfrentar a doença? 
 
Fora do debate 
A equipe de marketing de Humberto Souto começa a preparar a narrativa do prefeito para sair dos debates. A ideia é manter ele em casa, intensificando imagens das obras da atual administração. O problema é que as obras que seriam protagonistas estão inacabadas e com problemas para serem concluídas. 
 
PV otimista 
O Partido Verde anda otimista com a pré-candidatura do Dr. Emerson. A legenda acredita no potencial de crescimento durante a campanha. 
 
Eleição 
Crescem as articulações nos bastidores. A política toma novos rumos e decisões importantes podem mudar o debate político em Montes Claros.

Publicidade
Publicidade
Comentários