Injustificável: vacinas roubadas

Conversa Inteligente / 22/04/2021 - 13h58

O  fato de um ladrão (pé de chinelo) roubar 319 doses da vacina  contra covid-19, em Montes Claros, mostra claramente a negligência do governo Humberto Souto com a proteção dos imunizantes que deveriam vacinar a população. A facilidade do roubo no posto de saúde no Bairro Independência deixa claro a falta de proteção...

...Lamentável
Mais uma vez Montes Claros foi destaque negativo na mídia nacional (antes o prefeito tinha furado a fila da vacinação),   envolvendo vacinas contra a covid-19. 

Teste
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde as vacinas roubadas e recuperadas serão  devolvidas para testes no Ministério da Saúde,  já que saíram da geladeira e a eficácia foi comprometida. 

Sem segurança
Depois da demissão de vigias, no primeiro  mandato Humberto Souto,   prédios do governo municipal  foram alvos de  arrobamentos e cresceu o  número de espaços ocupados por vândalos, drogados e pedintes  em áreas públicas. 

Guarda municipal
A pergunta que fica no ar: por que será que os guardas municipais não foram designados para proteger as vacinas?

Indignação
A notícia do roubo das vacinas deixou a população indignada. Com a proliferação  da covid-19 infectando e matando pessoas todos os dias, é lamentável o desleixo  com algo tão precioso (salva vidas).

Culpados?
Ninguém será responsável? Vai ficar por isso mesmo! Enquanto pessoas estão agonizando nos hospitais, lutando pela vida, vacinas são roubadas,  jogadas no lixo, e fica por isso mesmo?

Medidas
Depois da porta arrombada, o governo Humberto Souto anuncia medidas de segurança. 

Administração Home Office
Isolado de tudo e de todos. Baseado em dados de impopularidade, o prefeito Humberto Souto  em casa, sob cuidados médicos, tenta reagir a indignação do montes-clarense com sua administração home office.

Renegociação
Diante da crescente rejeição e  pressão popular, o governo municipal de Montes Claros, em ritmo de marcha lenta  estuda enviar à Câmara  Municipal projeto que propõe  renegociar   dívidas de contribuintes que estão em débitos com a  prefeitura municipal de Montes Claros. 

Candidatura
Ocupando diariamente notoriedade  na mídia nacional como presidente do Senado, Rodrigo Pacheco  (DEM),  tem sido sido estimulado pelo seu partido a disputar a presidência do país em 2022.

Publicidade
Publicidade
Comentários