Eleição

Conversa Inteligente / 13/07/2021 - 07h23

Preocupados com a reeleição, deputados bem votados em Montes Claros estão receosos com o cenário político da maior cidade do Norte de Minas. Com votação em queda nas últimas eleições, estão tendo dificuldades de fazer a nova leitura política. 
   
Sem lideranças 
Com a ausência política dos ex-prefeitos Tadeu Leite, Jairo Ataíde e Athos Avelino, um novo cenário político surge em Montes Claros. 
   
Sem legado 
A política individualista, sem grupos, causou em Montes Claros uma espécie de apagão. Com lideranças saindo de cena sem deixar legado, ficou um vazio imenso no debate político. 
   
Nova política
Desde a Grécia antiga, dos tempos dos filósofos Sócrates, Aristóteles, Platão, não existe nova política. Existe a boa política praticada para o bem comum. Não existe vida longa na política se não existir lideranças, correligionários, cabos eleitorais. Quem faz a política do cotidiano é o cidadão que está na ponta, ouvindo principalmente a população mais humilde, carente, que necessita de uma assistência maior do poder público. Quem não souber fazer essa leitura terá uma carreira fugaz na política. 
   
Sentimento 
Apesar da tecnologia, novos conhecimentos e campanhas cada vez mais criteriosas, se não tiver o calor humano, alma, sentimento e emoção, nada disso será suficiente para obter sucesso na política. 
   
Voto impresso
Depois de 25 anos de implantado o voto eletrônico no país, o presidente Jair Bolsonaro insiste em defender o voto impresso, alegando que o atual modelo não é confiável.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários