Avaliação política

Conversa Inteligente / 31/12/2020 - 00h13

Ninguém discute que, no primeiro momento, o vencedor político na eleição municipal em Montes Claros foi o prefeito Humberto Souto (Cidadania), que solta o verbo e diz abertamente que não deve sua reeleição a ninguém. Porém, existe um detalhe: com quase 90 anos, seu ciclo político termina no seu segundo mandato, sem deixar nenhum legado situacionista. 
 
Oposição 
Vamos lembrar que o nome da oposição que saiu mais forte da eleição foi o do ex-prefeito Ruy Muniz (Progressistas),que manteve a bandeira oposicionista equilibrada, responsável, debatendo ideias e projetos para a cidade. Com visão de vanguarda e uma resiliência que mistura otimismo, garra e determinação, terá papel importante na eleição de 2022.
 
Em cima do muro
Quem ficou em cima do muro terá que descer em Montes Claros para a batalha de 2022. Sem ser situação e oposição, terão que enfrentar novos nomes e tendo que explicar para o eleitor comportamento ambíguo, vago, sem conteúdo e propostas concretas para a maior cidade do Norte de Minas. 
 
Desespero 
Deputados da região estão fazendo matemática regional para tentar a reeleição. Desgaste de inúmeros mandatos, sem votos expressivos em Montes Claros e com o desenho do novo cenário político regional, estão todos assustados. Já tem gente falando em desistir da reeleição.
 
Sem votos 
Começou o erro estratégico de alguns vereadores querendo sair candidato a deputado em 2022. Sem apoio em outras cidades e, votos limitados em Montes Claros, não sabem fazer a leitura. Ao invés de apoiar nomes com chances de vitória para deputado, com visão e fortalecimento de grupo, preferem disputar, sem chance, apenas para manter o nome em evidência, sem consolidação de base, perdendo tempo, recursos e atrapalhando a cidade para eleger políticos com chances de eleição. 
 
Vereador/deputado
Uma eleição para vereador é totalmente diferente da para deputado. Ela exige do candidato um trabalho de base regional. Estrutura, organização e organograma eficiente. É mais fácil o vereador desenvolver um projeto de base com formação de grupo, ganhando musculatura com o tempo, ao invés de fazer aventura que desgata e atrasa o processo contínuo de crescimento.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários