Voto contra

Coluna Esplanada / 21/10/2020 - 00h01

O senador Alessandro Vieira apresentará voto em separado ao do relator, senador Eduardo Braga, pela rejeição do desembargador Kassio Nunes para a vaga de Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal. No texto ao qual a Coluna teve acesso, o senador Vieira indica que, a seu ver, o juiz não está à altura do cargo, cita as incorreções no currículo e enumera uma série de circunstâncias que podem levar a questionamentos. Além de incluir as 25 representações contra o desembargador no Conselho Nacional de Justiça, o senador levanta suspeição sobre suposto ‘conflito de interesses’ pelo fato de a irmã de Kassio Nunes ter atuado junto ao Grupo Petrópolis, de Walter Faria, preso na operação Lava Jato. Complementa ainda que Nunes tem ligações com o ex-governador do PT Wellington Dias, um de seus padrinhos na nomeação para o TRF1.

Interesses
“Registre-se, contudo, que a presente indicação é a mais perfeita materialização do sistema de cruzamento de interesses que impera no Brasil há décadas”, emenda Vieira. 
 
Dedo na tomada
No voto em separado, o senador lembra que Nunes teve contratos, alvos do TCU, com a Companhia Energética do Piauí, no escritório em que era sócio ainda como advogado. 
 
Na comissão
A sabatina do desembargador está confirmada para hoje. A aposta é que Nunes será aprovado com ampla maioria. Ele recebeu media training nas últimas semanas. 
 
Inteligência...
O chefe de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, delegado Allan Turnowski, quer dar upgrade moral na corporação. A operação que resultou na morte de 17 milicianos nos últimos 12 dias foi trabalho de inteligência, sem baixas de inocentes. Ele se reuniu com a cúpula de segurança e definiu como meta “Inteligência, Investigação e Ação”.
 
...e dedo no gatilho
Allan implementou o método ‘Operação e Asfixia’ contra a milícia e tráfico. Com concentração de centenas de agentes numa determinada área mapeada estrategicamente. Foi assim que a força-tarefa interceptou o bando de 12 que aterrorizava Itaguaí. Tráfico, grilagem, extorsão e venda de produtos piratas estão na mira.
 
Fôlego 1
A frente suprapartidária e empresarial que tenta adiar a votação da liminar que segura a nova lei de redistribuição de royalties no STF tem uma proposta para levar ao ministro Luiz Fux. Vão argumentar que, no atual cenário, de crise na saúde, nas finanças e de período eleitoral, não há tempo para negociar, e o mais razoável é adiamento.
 
Fôlego 2
Os políticos ainda alertam ao presidente Jair Bolsonaro que uma eventual decisão no sentido de validação da lei vai custar mais caro ainda ao governo federal, que inevitavelmente terá de intervir na administração do Estado – onde o governador já foi afastado e sofre processo de impeachment. A União poderá ter de arcar com custos de salários, pagamentos e outras funções do governo.
 
Employers...
O ano de 2020 já registrou aumento de 19% no número de brasileiras empresárias nos Estados Unidos, comparando-se a 2019. No mesmo período cresceu em 16% a quantidade de mulheres imigrantes brasileiras que exercem cargos executivos (C-Level) em grandes empresas americanas.
 
...brazucas 
Os dados levantados para a Coluna pela AG Immigration, escritório de advocacia imigratória nos EUA, revelam ainda que 30% das empresas sediadas no país foram fundadas e/ou são comandadas por mulheres; tendência que deve se intensificar.
 
Elevador subindo
O valor médio do aluguel de um imóvel de 2 dormitórios e vaga de garagem em São Paulo aumentou em setembro. Segundo a Imovelweb, o preço de locação ficou em R$ 2 mil/mês, aumento de 0,8% em relação a agosto. A alta chega a 4,2% em 2020.
 
Zé Esplanador
Olha ele aí de novo, cujo lema é ‘Perguntar não ofende, Cobrar é de direito’. Zé leu que a NASA e a NOKIA vão instalar 4G na lua. Mas para que instalar internet para ET se aqui no mundo tem 1 bilhão que ainda passam fome?
 

Publicidade
Publicidade
Comentários