Roda o filme!

Coluna Esplanada / 21/07/2021 - 07h16

O novo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, é pressionado por artistas e cineastas para assumir a Cinemateca nacional, sediada na capital e sob tutela da apagada Secretaria de Cultura – que já foi ministério. A gestão de Hélio de Oliveira, do governo federal, digamos, sentou em cima dos rolos.

Som na cela
O DJ Ivis, flagrado em vídeo espancando a mulher, tentou sair da cadeia no fim de semana. O presidente do STJ, Humberto Martins, indeferiu o pedido.
 
Cibernéticos palacianos
O presidente Jair Bolsonaro criou, em decreto, a Rede Federal de Gestão de Incidentes Cibernéticos. O que é, especificamente, ainda é vago. Mas vem coisa aí.
 
Questão de sobrevivência
O presidente e ministros palacianos decidiram que é fundamental para o seu governo a privatização da EBC e dos Correios antes das campanhas eleitorais de 2022.
 
Peso do malhete
Enquanto os bolsonaristas e o presidente da República miram as críticas para a gestão do ex-governador Wilson Witzel sobre a aplicação dos recursos federais para combate a Covid-19, o Superior Tribunal de Justiça foi mais enfático, no peso do malhete.
 
Sobrou para Castro
Não sobre as contas de Witzel. Mas o STJ determinou que a atual gestão de Cláudio Castro aplique R$ 183,5 milhões na saúde do Estado, por redirecionamento de orçamento realizado no governo em 2005, na gestão de Rosinha Matheus.
 
Raios X...
Nova rodada da Paraná Pesquisas indica que, para 55,8% dos entrevistados, o presidente Bolsonaro sabia das suspeitas de corrupção na compra de vacina no Ministério da Saúde – e 28,8% acham que ele não sabia.
 
... e termômetro
Já a maioria (apertada), 47,8%, aprova seu afastamento do cargo por isso, enquanto 45,2% disseram que Bolsonaro não deveria ser afastado. A Paraná ouviu 2.006 pessoas em 204 cidades de 5 a 8 de julho.
 
Guerrilha on-line
Caciques de partidos da esquerda também estão criando o seu QG e batalhões on-line para a campanha eleitoral vindoura. Houve reunião há dias com donos de empresas que têm um milhão de seguidores em carteira virtual, que recebem marketing direto em rede via aplicativos nos celulares.
 
Bolsonaristas em êxtase
Teve alta hospitalar no domingo o filósofo Olavo de Carvalho, de 74 anos, após tratamento cardíaco. Não há confirmação se ele passará por Brasília. A língua saiu afiada da maca.

Publicidade
Publicidade
Comentários