Kassab & Alckmin

Coluna Esplanada / 17/11/2021 - 00h00

Presidente do PSD, Gilberto Kassab canta a poucos ouvidos que Geraldo Alckmin será o seu candidato ao governo de São Paulo, “estando ou não no partido”. A revelação indica que o PSD pode ter candidatura própria ao Palácio dos Bandeirantes ou compor a coalizão da eventual candidatura de Alckmin por outra legenda. Mas o que as palavras cuidadosas do ex-governador tucano indicam é sua filiação ao PSD. O partido virou uma potência nacional nas mãos de Kassab. A sigla será a noiva de 2022 na disputa para a Presidência, caso não vingue a pré-candidatura de Rodrigo Pacheco ao Planalto.

Turismo...
A Buser, plataforma que faz intermediação de viagens de ônibus, deve bater novo recorde de transporte de passageiros com o feriado desta segunda-feira. Na véspera do 12 de outubro, transportou 40 mil, chegando a 150 mil no feriado todo.
 
...sobre rodas
Para o feriado desta segunda, o app convocou mais de 350 ônibus extras pela demanda. Só na sexta-feira, foram 45 mil passageiros por dia. E deve passar de 135 mil até esta noite.
 
Novo shopping
O mercado pós-pandemia reaqueceu para os shoppings. A Construtora Paulo Octavio vai anunciar o Manhattan em Águas Claras, Brasília, com torre residencial. Será o sexto shopping do grupo.
 
245 mil armas
A negligência na guarda é uma das “significativas” falhas para o roubo, furto ou extravio de armas registradas por empresas de segurança. A informação é de documento enviado pelo Ministério da Justiça e pela Polícia Federal à Câmara dos Deputados. Até 19 de outubro, data do ofício, existiam 245.918 armas na posse de empresas.
 
Fiscalização
Nos últimos cinco anos, foi registrada a recuperação de 1.675 armas, de um total de mais de 10 mil roubadas, furtadas ou extraviadas. Segundo a PF, um dos focos da ação é o cerco a empresas clandestinas. As legalizadas que reincidem em ocorrências têm licença cancelada.
 
Em Barcelona
Prefeitos de João Pessoa (PB), Maceió (AL), Porto Velho (RO), Florianópolis (SC), e Recife (PE), dentre outros, além do governador do Rio de Janeiro, participaram em Barcelona da edição 2021 da Smart Cities Brazil, evento organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Catalunha (CCBC) e pela Frente Nacional de Prefeitos.
 
Mais paranaenses
O deputado Filipe Barros está trabalhando na Presidência da República para aumentar a representatividade do Paraná nas vagas criadas para os TRFs. Após sanção da Lei, aprovada pela Câmara, espera-se a nomeação de 75 desembargadores federais para 2022. O TRF 4, em Porto Alegre, terá 12 novos desembargadores.
 
TRF barrado
Barros corre para emplacar paranaenses porque o prometido TRF do Paraná & Santa Catarina foi impedido por liminar pelo então ministro do STF Joaquim Barbosa. E a Corte não tocou mais no assunto. À época, o lobby pelo TRF no Paraná foi do vice-presidente da Câmara André Vargas – depois preso pela Operação Lava Jato.
 
$ENAC
Secretário exonerado no governo de Agnelo Queiroz (PT) no DF, denunciado por cobrar passagens aéreas e de ônibus de concessionárias do GDF para o partido, Victor de Abreu Corrêa retornou em grande estilo. Foi escalado pelo novo presidente da Fecomércio, José Aparecido Freire, para administrar um orçamento de R$ 150 milhões no Senac como diretor de contratos.
 
Papéi$
José Aparecido foi afastado da presidência da Fecomércio-DF, mas conseguiu retornar porque a condenação de fraude à licitação prescreveu. Os laços entre os dois são antigos. Ainda no governo Queiroz, Corrêa criou o Cartão Material Escolar, que hoje gera cerca de R$ 30 milhões por ano de receita para as livrarias e papelarias do DF. O projeto contou com apoio do Sindipel, que representa o setor e que é presidido pelo presidente da Fecomércio. Aliás, que coincidência, Aparecido é dono de papelaria.
 

Publicidade
Publicidade
Comentários