Fundo$ de pensão

Coluna Esplanada / 14/04/2018 - 01h13

Diferente de outras CPIs, a que investigou os fundos de pensão tem dado resultado. Concluída há exatos dois anos, a comissão desvendou a rota da corrupção “institucionalizada” nos fundos da Caixa Econômica Federal (Funcef), dos Correios (Postalis), da Petrobras (Petros) e do Banco do Brasil (Previ). Com base no relatório da CPI, recentes operações levaram gente graúda para a cadeia, como o lobista Milton Lyra, ligado ao MDB, e Marcelo Sereno, assessor do ex-ministro José Dirceu. 

Caravana Lula 
O Senado Federal vai bancar os custos da viagem de senadores a Curitiba na próxima semana. Os parlamentares da oposição integram a comissão externa que irá “verificar as condições de encarceramento do ex-presidente Lula”.
 
Vetados 
A comissão foi proposta pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) após a juíza de Curitiba Carolina Moura Lebbos vetar, na última terça-feira, a visita de governadores ao petista na Superintendência da Polícia Federal. 
 
Jijagum
O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), “índiodescendente”, recorre a uma expressão em tupi-guarani ao lamentar a prisão do “companheiro”: Jijagum (“a luta continua”). 
 
Espanto & Indignação
Senador Lasier Martins (PSD-RS) tem soltado o verbo em críticas ao Supremo Tribunal Federal. Fala em “espanto e indignação do povo” com a Suprema Corte devido “às indicações políticas, atraso nos processos, trocas de ofensas entre ministros e mudanças de posicionamento, que geram insegurança jurídica”. 
 
Muda STF
Lasier Martins é autor da proposta de emenda à Constituição (PEC) 35/2015, parada no Senado, que muda o sistema de indicações para o Supremo Tribunal Federal e estabelece mandatos de tempo limitado para os ministros.

Cofre Aberto 
Apesar do rombo nas contas públicas, a União já desembolsou neste ano mais de R$ 2,5 bilhões para parlamentares por meio das chamadas emendas. 
 
Ranking 
De acordo com o Siga Brasil – Portal do Orçamento, a maior parte dos recursos foi destinada para as emendas de parlamentares do MDB, PT e PSDB. 
 
Prioridade
O novo ministro do Esporte, Leandro Cruz, anunciou aos parlamentares durante a cerimônia de posse que a prioridade para a pasta é a aprovação do projeto de lei que muda de 1% para 3% a porcentagem em que empresas poderão abater do pagamento do Imposto de Renda para investir no esporte.
 
Projeto
O autor do projeto de lei (PL 11.438/06) é o deputado Marco Antônio Cabral (MDB-RJ), que já foi secretário de Esporte no Rio de Janeiro. 
 
Prêmio
O site de turismo Trip Expert elegeu o Programa de Visitação Institucional do Congresso Nacional como “Melhor atração de Brasília”. Em 2017, mais de 124 mil pessoas visitaram a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. Entre elas, aproximadamente 3 mil pessoas de 82 países como França, Estados Unidos, Nepal e Nova Zelândia.

Publicidade
Publicidade
Comentários