Apagão rural

Coluna Esplanada / 12/11/2020 - 00h01

Não é só no Amapá o problema do apagão de energia. Moradores da cidade e fazendeiros da zona rural de Cocalzinho, Pirenópolis e Corumbá, em Goiás – para citar apenas três cidades das centenas de municípios do Estado – reclamam de constantes e longas quedas de energia fornecida pela Enel – que disputa a compra da CEB Distribuição do DF. Há casos de prejuízos com perda de leite e produção queijeira, dentre outros problemas. As cidades e a zuna rural estão ficando sem luz, com alguns apagões esporádicos. Na segunda-feira, teve corte de energia até meia-noite em Cocalzinho. No Amapá, diante do acidente com incêndio na Hidrelétrica Coaracy Nunes, administrada pela espanhola Isolux – sem capacidade técnica qualquer para recuperar os danos – é a Eletrobras (que o governo vai privatizar) quem está corrigindo as falhas em solução paliativa para retomada de energia.

É a campanha
Um gaiato pintou num muro de comunidade de Salvador: Vereadora Ana Rita, Caloteira 171, Fichada na Justiça, e o número do processo. Sua ONG está na mira por receber verbas oficiais. A reportagem não conseguiu contato com seu gabinete. 
 
Bob Maré
Roberto Jefferson, o controlador do PTB, passou na famosa ilha da Maré, na Baía de Todos os Santos, no fim de semana, para apoiar o candidato do partido em Salvador.
 
Deu ruim
O juiz Marco Antonio Vargas, da 1ª Zona Eleitoral paulistana, suspendeu a divulgação das pesquisas Datafolha e da Globo a pedido de Levy Fidelix (PRTB).
 
Reclamação
A defesa do candidato à prefeitura alega direcionamento, e tratamento desigual na relação de nomes apresentados aos entrevistados, entre outros pontos. Até o fechamento da Coluna, o instituto, com a decisão, estava proibido de publicar novas pesquisas.
 
Xerife?
A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, se vê diante de um problema grande na comunidade de Caraíva no meio da eleição na qual tenta eleger Uldurico Junior. O novo administrador da pacata vila, nomeado por ela há um mês, deu tiros para o alto para separar briga de bar. A inconveniência rende protestos e denúncia ao MPF.
 
Mal-educado
Uma pequena confusão na Voe Pass (antiga Passaredo) no voo 1887 de Porto Seguro para Salvador na terça-feira. No desembarque pela porta traseira (desorganizado), no ‘cada um por si’ na pressa, um jovem afoito machucou a cabeça de uma mulher, ao abrir o bagageiro superior. Nem a reclamação dela comoveu os outros. O mal educado ainda a xingou.
 
Check out da VIVO
Mais uma do caso da VIVO que cancelou plano pós-pago para dar um chip usado por uma empresa a um plano pré (isso mesmo!). A insegurança jurídica vai render processo incômodo à operadora. A audiência de tentativa de conciliação está marcada para 25 de janeiro em Brasília. Um hotel na Bahia usava o número para atender milhares de hóspedes pelas redes sociais, e perdeu o número. A operadora, que deu de ombros.
 
Hemo on-line
Um pleito importante para pacientes está sobre as mesas dos diretores da ANS para inclusão na cobertura dos planos das operadoras: a Hemodiafiltração On-line como opção de tratamento para pacientes renais que dependem de hemodiálise para sobreviver. 
 
Fila de pedidos
Aliás, a cada dois anos a ANS recebe pedidos para incluir novos procedimentos e medicamentos entre os obrigatórios a serem cobertos. Das 1.137 propostas, apenas 17 estão sendo recomendadas pela ANS nessa atualização. 
 
Black chegando
Uma pesquisa da Social Miner e Opinion Box, com mais de 2 mil brasileiros, revela que 48% pretendem aproveitar as ofertas da Black Friday; 56% devem comprar itens de necessidade com melhor preço, e 25% pretendem adiantar as compras de Natal.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários