Ouro Preto

Circulando / 06/07/2013 - 11h44

 

Na nossa página de hoje vamos falar de uma das cidades de Minas cercada de história, cultura e belezas naturais:
Ouro Preto

A cidade de Ouro Preto é famosa por sua arquitetura colonial e é considerada um dos principais pontos turísticos de Minas. Foi tombada pela Unesco e se tornou Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Reúnem inúmeras obras de Aleijadinho e Athaíde, mestres incomparáveis da arte barroca brasileira. Parte da história do Brasil é acompanhada por suas ruas de pedras, construções coloniais e igrejas revestidas de ouro.

Praça Tiradentes
Impossível não passar pela Praça Tiradentes, localizada no centro da cidade, local onde a cabeça do mártir da independência, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes foi exposta (1792) em Vila Rica, atual Ouro Preto. No local onde estivera o poste (atual Praça Tiradentes) se encontra hoje um monumento ao Mártir.

Igrejas
Ouro Preto possui inúmeros templos religiosos entre igrejas e capelas. Entre elas destacamos a Igreja São Francisco de Assis, considerada obra prima de Aleijadinho e possui pinturas do Mestre Athaíde com destaque para o forro da nave principal; Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar onde em sua ornamentação foram usados 400 kg de ouro sendo considerada a 2° igreja mais rica em ouro do Brasil e Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias.
 
Museus
Ouro Preto tem séculos de historia para contar e muitos museus para contá-la. Entre eles destacamos o Museu da inconfidência que guarda boa parte da historia da independência do Brasil; A Casa dos Contos, primeira casa da moeda brasileira; O Museu de Ciência e Técnica com os registros do desenvolvimento científico nacional; O museu do Oratório que mostra a religiosidade do povo brasileiro; o Museu das Reduções, localizado no distrito de Amarantino onde  apresenta replicas perfeitas de monumentos diversos e o Museu da Mineralogia onde podem ser vistas amostras mineralógicas do diamante aos minerais de urânio, amostras curiosas como o quartzito flexível (pedra mole), quartzo com inclusões aquosas, estalactites, belas coleções de topázio imperial, de quartzo, de ágatas, opalas e tantos outros minerais raros.
 
Casa da Ópera
Encontramos em Ouro Preto, o mais antigo teatro em funcionamento da América Latina, o Teatro Municipal de Ouro Preto. Após passar por restauração, no ano de 2007 a Casa da Ópera (nome original) foi reaberta ao público.

Artesanato
O principal artesanato de Ouro Preto são as peças em pedra sabão que podem ser encontradas nas feiras do Largo de Coimbra e na Associação dos Artesãos de Ouro Preto (Avenida Padre Rolim), que funcionam todos os dias. Nas lojas do centro da cidade encontram-se também  as pedras  preciosas que são comercializadas  e espalhadas por toda a  cidade o turista pode visitar os ateliês dos artistas locais que se espalham pelas ladeiras que são pinturas, esculturas em metal, mosaicos de vidro, xilogravuras e muitos outros.

Festas e Eventos
Em Ouro Preto é festa o ano todo. Os principais eventos anuais são o Festival de Inverno, Festival tudo é Jazz, Festa do Doze (12) de Outubro, Mostra de Cinema de Ouro Preto, Fórum de Letras e muitos outros. Além das festas republicanas que acontecem o ano todo damos destaque ao carnaval de Ouro Preto que é um dos mais procurados e tradicionais de Minas.
 
Trem de Ouro Preto a Mariana
Uma boa dica de passeio é o trem de Ouro Preto a Mariana que em seus 18 km de percurso encanta aos turistas com sua história, cultura e belezas naturais. Na estação de Mariana os visitantes contam com biblioteca, espaço museográfico, sala multiuso, praça lúdico-musical, vagão oficina de vídeo, vagão dos sentidos e vagão do café. Nas sextas e sábados as partidas de Ouro Preto são 10h e 14h30 e de Mariana 13h e 16h. Aos domingos de Ouro Preto são 10h, 13h30 e 16h30 e de Mariana 11h30 e 15h. As tarifas de ida e volta variam de R$50,00 a R$80,00.

Belezas naturais
O município de Ouro preto possui um ecossistema em seu entorno com cachoeiras, trilhas e uma enorme área de mata nativa protegida por parques estaduais. Destacamos:

Parque Estadual do Itacolomi
O parque está localizado nos municípios de Mariana e Ouro Preto e possui uma área de 7.543 hectares de matas onde predominam as quaresmeiras e candeias ao longo dos rios e córregos. Diversas espécies de animais raros e ameaçados de extinção podem ser encontrados na unidade de conservação, como o lobo guará, a ave-pavó, a onça parda e o andorinhão de coleira (ave migratória). Também podem ser vistas espécies de macacos, micos, tatus, pacas, capivaras e gatos mouriscos. Levantamentos identificaram mais de 200 espécies de aves, como jacus, siriemas e beija-flores.

Pelo Parque Estadual do Itacolomi e por Ouro Preto passaram as expedições em busca do ouro das Gerais. O patrimônio está preservado, dando ao visitante uma real visão da paisagem contemplada pelos antigos viajantes destes caminhos.

No final do século 18, na busca por riquezas, o bandeirante paulista, Antônio Dias, avistou o Pico do Itacolomi, que serviu como ponto de referência, para que outras expedições chegassem ao local com facilidade.
A visitação é aberta de terça-feira a domingo de 8h as 17h. O Parque dispõe de Centro de Visitantes, Museu do Chá e Casa Bandeirista, além de trilhas interpretativas e atrativos naturais.

As visitas guiadas ao Pico do Itacolomi devem ser agendadas junto à administração. A área de camping, conta com estrutura de apoio, inclusive restaurante, devendo ser agendada a permanência no camping, pois o número de barracas é limitado.
 
Fique por dentro:
Semana de Ouro Preto – Começou na última sexta, 05, e vai até o dia 7 deste mês, as festividades em comemoração ao aniversário de 302 anos de Vila Rica, Promovida pela Prefeitura Municipal, em parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto. O Grupo Galpão, Alceu Valença, Orquestra Ouro Preto e Fernando e Sorocaba são destaques na programação. O evento integra as atividades do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes 2013 - Em Tempos Diversos.

 

Publicidade
Publicidade
Comentários