Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, foi lançada ontem em Montes Claros. Quem quiser apadrinhar uma criança pode procurar a agência localizada na praça da Matriz e escolher uma das cartinhas que já estão disponíveis.

Serão atendidas crianças das escolas da rede pública – até o 5º ano do ensino fundamental – e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Segundo os Correios, a expectativa é a de que 3 mil cartinhas sejam recebidas em Montes Claros e 6 mil no Norte de Minas.

Nos pedidos, nem sempre aparecem os tradicionais brinquedos, como bolas, bonecas, videogames ou bicicletas. Muitos pedem material escolar, mochila e, até mesmo, cesta básica.

Para participar, basta ir à agência, escolher uma delas e entregar o presente nos pontos divulgados pelos Correios, que depois realiza a distribuição.

As cartinhas poderão ser retiradas nos Correios até 15 de dezembro e os presentes devem ser entregues até 20 de dezembro.

Não é permitida a entrega direta do presente à criança e, para assegurar o cumprimento desse critério, o endereço do beneficiário nunca é divulgado ou informado ao padrinho, que deverá cadastrar o CPF ou CNPJ.
 
CAMPANHA
De acordo com os Correios, ao longo dos anos do projeto, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

O lançamento da campanha ontem contou com a ilustre presente do Papai Noel e da Mamãe Noel, que saíram do Centro de Distribuição dos Correios, no bairro Santa Rafaela, no caminhão do Corpo de Bombeiros, até a agência do Centro.