No aniversário de Montes Claros, O NORTE entrevista o professor e empresário Ruy Muniz. Nascido, criado e realizado em Montes Claros, como costuma afirmar, ele fala do amor pela cidade e da história que construiu com a Funorte e o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira.
 
O que é Montes Claros para você?
Mais do que minha cidade natal, onde cresci, é minha referência no mundo, meu porto seguro. É aqui que sou feliz. É terra abençoada, onde estão minhas raízes, minha gente. Aqui me realizei: constituí família, me formei em Medicina e me fiz educador com o Indyu, Funorte, Ímpar e com o Hospital das Clínicas, hospital-escola. 
 
Você tem empresas em outras regiões, mas mora em Montes Claros. 
Continuamos aqui, porque plantamos na cidade os nossos sonhos. Da concretização deles, alçamos novos voos, em outras regiões do país. Nada mais justo que permanecer onde tudo começou, para nos lembrarmos do esforço inicial e da nossa capacidade de realizar. Somos gratos a quem nos estendeu a mão. Por isso, estamos aqui e vamos permanecer, transformando vidas por meio da educação, gerando empregos e cuidando da saúde. 
 
A Funorte faz parte da história de Montes Claros?
A Funorte, desde 1988, tem ajudado a construir a história de Montes Claros, por meio dos profissionais que forma, dos empregos que gera e por ajudar a fazer da cidade um polo universitário. Hoje temos na cidade um complexo educacional com 2 mil colaboradores e cerca e 15 mil alunos. Fomos pioneiros na educação privada. Abrir caminho nunca é fácil, mas é gratificante. Hoje ela é Centro Universitário, a UniFunorte. Falta apenas a publicação, a ser feita, quando o novo ministro da Educação assumir. 
 
O que encanta você na cidade?
Nossa gente. Prédios, concretos, catedrais, ruas e avenidas encontramos em outras cidades. A nossa gente é singular, tem um jeito ímpar de lidar com a vida, tem valores, crenças, crendices e tradições que são únicos. O jeito de acolher, a criatividade, a coragem e a cooperação me encantam. As pessoas fazem a cidade.
 
Seu lugar preferido em Montes Claros?
Gosto de celebrar e receber. Em nossa casa é sempre um vaivém... Na mesa, um ou dois pratos a mais, para um convidado inesperado, mas bem-vindo. Celebramos Páscoa, Natal, Ano Novo, tudo... Minha casa é um lugar especial na cidade. Mas outros locais me tocam profundamente, pelo que vivi ali, como a Praça da Matriz e o seu entorno, carinhosamente batizado de Baixada da Matriz, onde cresci. Espaço de cultura, das festas de agosto, do Centro Cultural Hermes de Paula. Ali, cultura, tradição e religião se encontram. Berço do Arraial das Formigas, hoje Montes Claros. 
 
Sua mensagem para a aniversariante?
Parabéns, cidade querida! Sei do seu potencial, da competência da sua gente. Montes Claros tem, em seu futuro, a perspectiva de ser, além da quinta cidade de Minas em população, a quinta em economia. Tem muito caminho pela frente, mas juntos enfrentaremos as adversidades. O nosso presente é a Funorte, que leva educação a todos, e o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira, que cuida da saúde da nossa gente. É a nossa retribuição aos frutos de 40 anos de trabalho.
 
Montes Claros tem, em seu futuro, a perspectiva de ser, além da quinta cidade de Minas em população, a quinta em economia. Tem muito caminho pela frente.
RUY MUNIZ, professor e empresário