Todos os dias, a correria é a mesma: ajudar os filhos no Para Casa, preparar o lanche para a escola, arrumá-los com o uniforme, principalmente os pequeninos, dar o banho e... As tarefas são inúmeras para uma mãe. Para apoiar as mulheres nesse lindo e árduo papel da maternidade, um grupo de moradoras de Montes Claros se uniu e criou o “Mães Unidas”. E o projeto traz novidades para este ano.

Elas criaram o Concurso “Mãe Unida na Cozinha: lancheira fácil”, cujo edital será lançado em breve. O concurso tem dois grandes objetivos: começar a discussão sobre a importância do trabalho materno e fornecer às mães do grupo um e-book com receitas práticas, fáceis e nutritivas para as crianças.

Quem vencer o concurso vai ganhar hospedagem com a família em Caldas Novas. 

A ideia, segundo a advogada Letícia Novato, de 40 anos, uma das criadoras do projeto, é requerer que o trabalho materno seja reconhecido – remunerado e contabilizado para aposentadoria –, como já acontece em países vizinhos.

“Ressaltamos que o que desejamos é mostrar a esta mulher que o seu labor diário e árduo deve ser valorizado, não somente pelas suas crianças, mas por toda sociedade”, diz.

Letícia conta que o grupo foi criado para fortalecer a maternidade norte-mineira através da união de mães, promovendo amizades, trocas de experiências e informações a respeito do “maternar”.

Atualmente, o projeto é administrado por ela e por Laíza Coelho, mestre em artes cênicas, especializada em desenvolvimento infantil, dança para mães, dooulagem e amamentação.

“Nossos valores são de respeito, empatia e humanização, especialmente quanto à educação infantojuvenil. Nosso objetivo é sermos reconhecidas como referência de acolhimento e empoderamento materno, com o intuito de contribuir na formação de uma sociedade mais justa, principalmente para mães e crianças”, diz.

Para acompanhar o projeto nas redes sociais é só seguir a página @maesunidasdemoc e também fazendo parte do grupo no Facebook, que já conta com quase 9 mil norte-mineiras inscritas.

Orientação e ajuda
Em sete anos de existência, o grupo Mães Unidas promoveu várias ações em Montes Claros e região. Uma delas é o “Mamaço”, evento mundial em prol do aleitamento materno, que leva até a praça Dr. Carlos equipes de enfermeiras dos Hospitais Aroldo Tourinho e Universitário Clemente Faria para informar e orientar mães e lactantes, bem como conscientizar a população sobre a importância de apoiar a amamentação.

Letícia Novato conta que, durante a pandemia, vários pedidos de ajuda chegaram às “Mães Unidas” que, juntas, têm apoiado cada mulher que necessita.

“Os desafios são inúmeros, pois é preciso mudar muito a nossa cultura, no sentido de conscientizar a sociedade sobre quão importante é valorizar nossas mães e o papel crucial que elas desempenham. Mas, acreditamos que, com a nossa união, seremos capazes de transformar tudo isso”.

Para a advogada, as parcerias são bem-vindas para que o trabalho seja ainda mais amplo em Montes Claros.