O Hospital Dilson Godinho está recebendo cabelos para a confecção de perucas que serão emprestadas para mulheres que enfrentam a luta contra o câncer. A iniciativa faz parte do projeto “Perucas Solidárias”, desenvolvido em parceria com a Oficina do Cabelo, que recebe as doações e repassa a peruca pronta. As pacientes ficam com a peça até que os cabelos voltem a crescer.

O objetivo do projeto é amenizar o sofrimento e resgatar a autoestima das pacientes que lutam contra o câncer. O hospital já recebeu cabelos doados de moradores de todo o Norte de Minas, incluindo adultos e crianças. Qualquer tipo e quantidade de cabelo (mesmo com química) podem ser doados – até mesmo aquele que fica no chão do salão.

Mensalmente, cerca de 15 perucas são emprestadas – o número varia de acordo com a demanda das pacientes e com a quantidade de cabelos doados. Logo que são devolvidas, são repassadas a outras pessoas.

Segundo o hospital Dilson Godinho, referência em atendimento oncológico na região, o tipo de câncer com maior número de atendimentos é o de mama. Além de ser um tratamento doloroso, com a perda dos cabelos por causa da quimioterapia, em alguns casos a mulher precisa passar pela mastectomia – cirurgia de retirada total ou parcial da mama.
 
TRATAMENTO
A médica Ana Olívia Cardoso afirma que, para tratar os inúmeros tipos de câncer conhecidos, há mais de cem tipos de quimioterápicos. Muitos deles têm em comum a agressão ao cabelo, causando a queda parcial ou total. 

“Somado à fragilidade já presente, causada pelo diagnóstico e tratamentos, afeta a autoestima do paciente, principalmente das mulheres, o que pode interferir no enfrentamento da situação e, inclusive, no sucesso do tratamento. As perucas devolvem às mulheres naturalidade, vaidade e força para enfrentar os caminhos a serem seguidos”, ressalta a médica. 
 
PERUCAS
Para Lígia Beatriz, uma das coordenadoras do Perucas Solidárias, é importante destacar que as peças não são doadas aos pacientes e sim, emprestadas, até que o cabelo volte a crescer. 

“O empréstimo é pelo tempo necessário. É interessante que as pessoas possam sempre estar nos procurando para essa doação de cabelos, pois só assim conseguimos a confecção das perucas”, pontua Lígia.

As pessoas interessadas em doar cabelo podem procurar diretamente o Departamento de Recursos Humanos do Dilson Godinho, que funciona na avenida Geraldo Athayde, 397, bairro Alto São João. Informações também pelo telefone 3229-4087 ou pelo e-mail ligia@hospitaldilsongodinho.com.br.