Desde o início desta semana, a nova regra da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), autoriza o pagamento de boletos vencidos em qualquer agência bancária. De acordo com a medida, ainda não são todos os valores que poderão ser quitados. Atualmente podem ser pagas faturas nos valores de R$50 mil. 

No sistema anterior, o boleto com atraso só poderia ser recebido pela agência responsável pela cobrança. A mudança será feita gradativamente, até dezembro. Qualquer valor será aceito pelas financeiras. 

Segundo a Caixa Econômica Federal, a nova plataforma de cobrança tem o objetivo principal de mitigar fraudes relacionadas à liquidação de boletos. No Brasil, são pagos 3,7 bilhões de boletos por ano. 

Em Montes Claros, a Caixa dispõe de 3 agências, 2 postos de atendimento bancário, 24 unidades lotéricas e 28 correspondentes ‘Caixa Aqui’. “Essa plataforma de cobrança vai dar mais segurança a consumidores, empresas e instituições financeiras. Isto porque os boletos passarão a ser registrados em uma base centralizadora, onde os bancos podem consultar os dados dos boletos registrados na rede bancária. Atualmente, estes dados estão apenas no banco emissor”, explica o assistente sênior da Caixa, Benedito de Oliveira Gonçalves.

Já o gerente geral do Santander, Bruno Abrão Pereira pontua que a media ajuda a desafogar as filas nas agências. “O pagamento vai poder ser feito através do internet banking, o que contribue com a redução das filas”.

A nova plataforma de cobrança também vai permitir que as empresas tenham melhor gestão de suas carteiras, possibilitando inclusive a utilização da cobrança registrada como garantia de operações. Outras vantagens são a redução das inconsistências nos pagamentos, a mitigação dos erros de cálculos de multas e de encargos por atraso e o fim da necessidade de emissão de segundas vias de boletos.

A comerciante Janine Perez vai todos os dias a agências bancárias. Às vezes ela precisa ir a dois bancos no mesmo dia. “A iniciativa é ótima. Por diversas vezes tenho que pagar contas de agências diferentes e tenho que pegar duas filas enormes, o que gasta tempo”, conta. 

A partir do dia 11 de setembro poderão ser recebidas as cobranças no valor de R$ 2 mil; no dia 09 de outubro, de R$500; em 13 de novembro R$200; e boleto de qualquer valor no dia 11 de dezembro. (CA)