A pandemia e os preços têm dificultado as vendas dos tradicionais Ovos de Páscoa. Nem mesmo as decorações dos supermercados estão chamativas como em anos anteriores. Vez então de ganhar espaços pequenos empreendedores, que produzem as guloseimas de forma artesanal, criativa e recheada de sabor.

Mesmo com o mercado meio atrapalhado por causa das regras de isolamento, muitos não desanimaram e estão oferecendo ovos cada vez mais incrementados. Além disso, os pequenos fabricantes apostam alto na internet e na proximidade com os clientes, oferecendo até mesmo produtos personalizados.

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab) mostram que, no ano passado, a produção foi 15% menor do que em 2019. A expectativa para a Páscoa 2021 é a de que a queda seja ainda maior do que em anos anteriores à pandemia, mas 2020 deverá ser superado em volume.
 
DIVULGAÇÃO E VENDAS ON-LINE
A confeiteira Gyselle Rocha, que atua em Montes Claros, aposta na divulgação nas redes sociais para atingir boas vendas. “Todo o meu trabalho é feito com muito carinho e qualidade. Estamos há sete anos no mercado e, atualmente, trabalhamos com delivery por causa da pandemia. Sempre apostando nas redes sociais para fortalecer a nossa marca”, afirma.

Gyselle conta que as vendas este ano surpreenderam. “As ferramentas digitais também nos ajudaram na divulgação do nosso trabalho, mas não posso deixar de exaltar os meus clientes fiéis, que estão comigo desde que comecei. Para a Páscoa deste ano, já temos bastante encomendas. Investimos sem medo em diversos produtos, desde lembrancinhas até ovos mais elaborados e embalagens”, explica Gyselle.
 
EMPREENDEDORISMO
Gyselle trabalha com doces desde os 14 anos. Sua história nesse mundo da confeitaria começou quando uma amiga da mãe dela a ensinou a arte de trabalhar com doces para vender para familiares e na escola.

“A partir da venda de doces, me surgiu a ideia da criação da página ‘Supremo Doces’. Desde então, fomos crescendo e fidelizando nossos clientes. Atualmente, trabalhamos com bolos de aniversário, bombons finos e tradicionais, doces de festa, sobremesas, cestas de café da manhã e festa na caixa. Em datas comemorativas como Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais e Natal sempre temos opções para presentear”, diz.

“Para quem deixou a encomenda para última hora, ainda dá tempo de garantir sua delícia e se surpreender com a qualidade dos nossos produtos. Temos opções de ovo trufado, ovo de colher, ovo tradicional, barras recheadas e o ovo 3D. Para conhecer mais o nosso trabalho, basta acessar nossa página @supremodoces no Instagram que lá você pode encontrar todas as informações”.

Para a assistente técnica do Sebrae Minas Beatriz Nascimento, as confeiteiras adotam estratégias corretas. Ela reforça que investir nas vendas on-line é a saída para enfrentar o momento. “Durante os atendimentos, sempre reforço para os empreendedores que, mesmo em um período tão desafiador, eles não devem desistir. Com a pandemia, é preciso se reinventar, ser criativo e utilizar cada vez mais as redes sociais para divulgar e estreitar relacionamento, além de captar novos clientes”.