Montes Claros começa a vacinar, neste sábado (24), pessoas com 29 anos ou mais. A cidade é a que apresenta maior avanço na imunização por faixa etária, dentre os maiores municípios mineiros, já chegando à população menor de 30 anos.

A cidade que mais se aproxima é Uberlândia, no Triângulo Mineiro, que está realizando o cadastro de pessoas com 29 anos. A vacinação é agendada de acordo com a disponibilidade de doses.

Na mesma região, Uberaba está aplicando a dose contra o novo coronavírus em pessoas de 34 anos desde ontem. 

Na Zona da Mata, Juiz de Fora divulgou, no portal da prefeitura, o calendário com previsão para vacinação até agosto, mas alerta para possíveis alterações, a depender do envio de vacinas pelo governo ao município. 

Desde ontem, a vacinação é destinada a pessoas com 32 anos ou mais e, a partir de hoje, aos maiores de 30. O município estima chegar aos 18 anos em 14 de agosto.

Na Grande BH, Contagem está agora nas pessoas com 38 anos, com mulheres e homens em dias alternados. Em Betim, está em andamento a vacinação para pessoas com idade a partir de 40 anos.

A imunização dessa nova faixa etária em Montes Claros acontece no drive-thru do Montes Claros Shopping, das 8h às 20h, aos sábados e domingos. De segunda a sexta-feira, das 10h às 21h. Nas salas de vacinação dos shoppings Montes Claros e Ibituruna, o atendimento é feito todos os dias, das 10h às 21h.

E nas salas de vacina das unidades de saúde, que voltaram a funcionar nesta quinta-feira, o atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 15h. No walk-thru da Praça de Esportes, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h.

Além disso, o município divulgou nas redes sociais que 61% do público-alvo já recebeu a primeira dose contra a Covid, índice superior à média do Estado, que é de 55,65%.
 
ACELERADA
A velocidade da vacinação em Minas neste mês bateu recorde desde janeiro, com 230 mil doses aplicadas diariamente. As informações foram apresentadas pelo secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, nesta sexta-feira.

O secretário também destacou que a quantidade de doses recebidas pelo Estado e a eficiência da distribuição aos municípios permitiu o recorde na imunização estadual.

“Certamente, este foi o mês em que mais recebemos doses. Continuamos distribuindo de forma muito ágil, iniciando em menos de 24h o envio para todas as regionais. Além disso, vacinar por idade é o jeito mais fácil, então foi uma decisão muito acertada priorizar esse formato e ser menos burocrático no processo. A tendência é a de que no mês que vem, com a expectativa de receber mais de 6 milhões de doses, a gente bata novo recorde”, avalia.
*Com Márcia Vieira e  Agência Minas

SAIBA MAIS
A luta contra a Covid-19 em Minas ganhou nuances de esperança nesta semana. A queda consistente da taxa de óbitos em todas as localidades mineiras se concretizou, e o Estado atinge a marca de 619 municípios sem mortes pela doença nos últimos sete dias. O número representa 73% das cidades.
 
“Nesta semana, só 27% dos municípios tiveram óbitos registrados, demonstrando o quanto a vacina é eficaz e representa um divisor de águas. Agora é a hora de continuar todos os cuidados e avançar na vacinação para superarmos esse momento”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti.