A partir desta quinta-feira (3), Montes Claros começa a imunizar contra a Covid-19 pessoas acima de 55 anos que possuem deficiência permanente e não estão cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Esse público poderá receber as doses contra o coronavírus nas salas de vacinação das unidades de saúde, nas salas de vacinação nos shoppings, no drive-thru ou no ginásio da Praça de Esportes.

No último sábado, O NORTE mostrou a mobilização de algumas famílias montes-clarenses para que deficientes permanentes sem cadastro no BPC fossem incluídos no grupo prioritário de imunização contra o coronavírus.

Autorizada em Montes Claros desde 22 de maio pelo Decreto Municipal nº 4.211, a vacinação de pessoas com deficiência excluía do processo cidadãos que não integram o cadastro.

Para ser imunizado é preciso levar documentos pessoais, cartão SUS (se tiver), cartão de vacinação (se tiver), comprovante de residência e laudo médico.

A vacinação acontece normalmente em todas as unidades, já que o funcionamento das atividades no município será normal nesta quinta-feira, dia em que se celebra o Corpus Christi.

Como o feriado foi antecipado para março, serviços públicos municipais funcionarão normalmente.

O comércio também está autorizado a abrir as portas. Já as agências bancárias estarão fechadas, porque cumprem o calendário nacional, que manteve o feriado. Os bancos voltam a funcionar na sexta-feira.

Os serviços públicos estaduais também cumprem feriado, inclusive com ponto facultativo na sexta-feira.
 
CELEBRAÇÕES
O Corpus Christi será celebrado em Montes Claros, com uma programação elaborada pela Arquidiocese em 23 paróquias. Na Catedral, haverá missas às 7h, 9h, 15h e 18h, seguida de carreata às 19h. Na Matriz haverá missa às 15h, Adoração ao Santíssimo às 16h e às 18h e bênção solene às 18h.

As missas poderão ter a presença dos fiéis, com ocupação de 20% da capacidade do local e limite máximo de 100 pessoas. Todos deverão usar máscaras e respeitar o distanciamento.

A Arquidiocese pede para que aqueles que não puderem estar presente nas missas ou carreatas, enfeitem as janelas ou portas de casa, registrem e publiquem em redes sociais marcando as paróquias e a @arquimoc.

Para ser imunizado é preciso levar documentos pessoais, cartão SUS (se tiver), cartão de vacinação (se tiver), comprovante de residência e laudo médico