Depois de anunciar o início da vacinação de jovens de 17 anos sem comorbidades para a quarta-feira e, horas depois, suspender a iniciativa, a Prefeitura de Montes Claros começou a atender todo o público adolescente, de 12 a 17 anos sem comorbidade, nesta quinta-feira (7).

A imunização desse grupo – que soma cerca de 37 mil pessoas – foi determinada em decreto municipal publicado na noite de quarta-feira. E a repercussão foi grande nas redes sociais, com os adolescentes comemorando a chegada da vez deles de se protegerem contra o coronavírus.

E brincadeiras não faltaram nos comentários. “Aaaeeeeee até que enfim bora virar jacaré meu povoo”, dizia uma internauta. “Finalmenteeeeeeeeee, meu braço já está pronto”, comentou outra.

Também havia aqueles desconfiados da notícia, já que na terça-feira os de 17 foram convocados e, no dia seguinte, desconvocados. Na onda dos jovens, a prefeitura respondeu no Instagram: “é verdade esse bilete”.
 
VACINAÇÃO NAS ESCOLAS
O decreto autorizou o início da imunização desse público a partir de ontem e permitiu ainda que a vacinação ocorresse nas escolas, de forma a facilitar o acesso dos adolescentes à dose da Pfizer – única permitida para atender essa faixa etária.

Segundo a secretária Municipal de Saúde, Dulce Pimenta, o serviço será oferecido nas maiores escolas da cidade, tanto da rede municipal quanto estadual e privada. “São mais ou menos dez escolas que estão aplicando a dose nos alunos”, afirma Dulce.

O texto do documento ressalta que pode, inclusive, haver a suspensão das atividades escolares no momento das campanhas nas unidades de ensino.

Entre as dúvidas dos adolescentes apresentadas na rede social, a mais citada é se há necessidade de estarem acompanhados dos pais. Em resposta, o município informou que isso seria o ideal, mas que, em caso de impossibilidade da presença de um responsável, os adolescentes podem ir aos postos sozinhos.

Mas vale ressaltar que é preciso levar os documentos: pessoal com foto, cartão SUS e comprovante de endereço.

No post da prefeitura no Instagram (@prefeituramontesclaros) foram listados os pontos de vacinação e o horário de funcionamento.
 
HORÁRIO NOTURNO
O decreto municipal também autorizou a extensão dos horários de vacinação para o período noturno, permitindo, dessa forma, o pagamento de horas extras aos servidores que entrarem nessa jornada.

No entanto, Dulce Pimenta destaca que isso só será feito se houver demanda. “Chegamos a abrir 50 salas de vacinação no último sábado e o movimento foi fraquíssimo. Em alguns, não apareceu viva alma”, afirma a secretária.

Além disso, ela lembra que as salas de vacina dos dois shoppings e o drive thru funcionam à noite. “Não estamos criando expectativa de que muitos adolescentes irão aderir. Se dos 37 mil previstos, 10 mil comparecerem, já nos daremos por satisfeitos”, declara Dulce.

Essa postura da gestora da Saúde tem como referência a baixa procura do público de 18 a 29 anos na cidade. Enquanto as demais faixas etárias atingiram a meta de vacinação, a dos jovens parou em 50%.