A Banda Meji, formada pelos músicos montes-clarenses Jauner Torquato e Rodrigo Oliveira, que atualmente residem em Belo Horizonte, fez, pela primeira vez na cidade, aparições relâmpago na última quinta e sexta-feira, em alguns pontos de Montes Claros, levando música aos transeuntes. 

O projeto surgiu em 2018, quando foram convidados para tocar em um chá de fraldas, para um amigo barbeiro, e fizeram um show na rua, na porta da barbearia. A partir daí, nasceu o projeto de levar música a pontos da capital mineira. 

O vocalista e guitarrista Jauner Torquato e o baterista Rodrigo Oliveira estão de visita às Festas de Agosto, em Montes Claros, e escolheram a cidade natal para receber o projeto que já é conhecido na cena mineira. 

COLABORAÇÃO 
“O projeto foi muito bem recebido e, a partir dessa apresentação, vamos seguindo com a proposta de levar música sem custo para as ruas, em locais onde as pessoas estão em trânsito. Fazemos contato com alguém que nos cede uma tomada, ligamos os aparelhos e as pessoas vão se aglomerando ao nosso redor”, contou o baterista Rodrigo Oliveira. 

Paralelamente ao projeto, Jauner trabalha na área de consultoria de meio ambiente e o Rodrigo na produção de filmes. 

Para o feirante Moisés Araújo, foi uma surpresa muito grande eles tocarem no mercado. “Foi muito bom tê-los aqui nesta tarde de quinta-feira. Realmente, uma grande e boa surpresa. Além de tocarem muito, são afinados e a música é de extrema qualidade. De repente, foram aparecendo pessoas que interagiam, outras passando. E o mais importante é levar cultura às pessoas”, disse.