O alerta foi adaptado, devido à pandemia, mas nem por isso perdeu importância ou capacidade de passar o recado. Até o fim do mês, a Associação Presente, uma das principais instituições de acolhimento a pacientes em tratamento oncológico em Montes Claros, realiza diariamente uma ação no Parque Municipal Guimarães Rosa – Sagarana. O objetivo é conscientizar sobre a importância da prevenção ao câncer de mama.

Diferentemente de anos anteriores, quando havia mutirões, a mobilização que integra a campanha Outubro Rosa deste ano engloba a instalação de tendas ao ar livre para evitar aglomerações.

Quem passar pelo parque receberá um pré-atendimento. As mulheres receberão conteúdo com foco na prevenção da doença, o diagnóstico precoce, bem como cuidado para com já está em tratamento contra o câncer.

A Associação Presente também estará doando exames de mamografias para mulheres que se encaixam no perfil de risco, lenços, sutiãs especiais para pacientes mastectomizadas (casos em que é necessário retirar a mama) e perucas para as que perderam os cabelos devido à quimioterapia. 

Outra novidade para essa edição é o “Dr. Presente”, uma inteligência artificial desenvolvida pela associação e que será usada na campanha para oferecer informações e tirar dúvidas sobre o câncer de mama, de forma gratuita através, do WhatsApp (38) 3213-4296. 
 
Evento consciente
Tradicionalmente, a Associação Presente realiza a “caminhada e corrida”, porém para respeitar as normas de segurança no enfrentamento da Covid-19, o evento foi adaptado ao “novo normal”. 

No próximo dia 25, acontecerá a corrida com alguns participantes convidados – o evento será transmitido pelas plataformas digitais da instituição. 

Toda campanha poderá ser acompanhada pelo site www.outubrorosamoc.com.br e redes sociais da Associação Presente, Instagram e Facebook, por meio do perfil @presenteassociacao.
 
ALTA DE CASOS
De acordo com dados do Painel Oncologia, em todo o Estado foram registrados 44.160 novos casos de câncer de mama em 2019, número 16% maior que os 37.840 notificados em 2018.

Maior cidade do Norte de Minas, Montes Claros apresentou 975 novos casos em 2019 e 1.007 neste ano. Chama atenção a mudança no perfil das pacientes que possuem o câncer. São cada vez mais jovens – acima dos 40 anos era a faixa etária mais comum. Porém cada vez mais, mulheres entre os 26 aos 31 também estão tendo a doença. 

A oncologista Pricila Miranda explica que isso pode estar ligado aos hábitos de vida, como alimentação irregular e a falta de exercícios físicos. 

“Medidas preventivas como cessar o tabagismo, reduzir a ingestão de álcool, praticar atividade física regularmente e dieta balanceada diminuem as chances do desenvolvimento de câncer”, explica a especialista. 

Há vários tipos de câncer de mama e doença pode evoluir de diferentes formas. Alguns tipos se desenvolvem rápido e outros não. Esses comportamentos distintos se devem a característica próprias de cada tumor. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro (1% do total de casos). Existe tratamento contra a doença.