De janeiro a julho deste ano, o Hospital Clemente de Faria, da Unimontes, atendeu 98 mulheres vítimas de violência sexual. Elas são encaminhadas a um grupo de apoio, formado no ano passado, com o objetivo de compartilhar experiências e sentimentos vivenciados por cada uma delas em decorrência do sofrimento a que foram submetidas. 

Denominado “Afeto”, em alusão ao conteúdo dos encontros e dos diálogos estabelecidos durante as reuniões, realizadas em clima de respeito, amor e reciprocidade entre as integrantes, o grupo decidiu acolher novas vítimas.

Com encontros quinzenais, às quartas feiras (na primeira e na terceira semana de cada mês), o conteúdo das reuniões é conduzido de forma sigilosa.

A socióloga da Maternidade Maria Barbosa do hospital, Thereza Raquel Betônico Corrêa, explica que os encontros têm a presença de uma psicóloga para mediar os assuntos e acolher as demandas.

“O intuito é oferecer às vítimas de violência sexual uma oportunidade de ressignificar essa situação vivida, compartilhando, caso queiram, alguns de seus medos, angústias, tristezas, alegrias e vitórias. Isso porque, segundo elas, depois que se passa por uma violência, vive-se um dia por vez”, afirma.
 
REFERÊNCIA
O Hospital Universitário Clemente de Faria, por meio da Maternidade Maria Barbosa, é referência na região para o atendimento dos casos de violência sexual há 15 anos.

O atendimento é realizado no Ambulatório de Violência da Maternidade, no qual as vítimas são acolhidas, recebem atendimento clínico especializado, atenção psicológica, além de serem encaminhadas para outros serviços referenciados no município.

A assistência é prestada por equipe multidisciplinar, formada por médico, psicólogo, assistente social, enfermeiro, técnico de enfermagem e socióloga. Funciona 24 horas, durante os sete dias da semana, de forma sigilosa.

De 1º de janeiro a 31 de julho deste ano foram realizados 98 atendimentos. Em 2017, foram 185 casos e, em 2016, 167 vítimas receberam assistência.

As mulheres que desejam participar das reuniões do grupo “Afeto” devem fazer contato pelo telefone da Coordenação da Maternidade: (38) 3224-8315.