Benjamim Oliveira Júnior


Correspondente



JANAÚBA – Aproximadamente R$ 4 milhões. Este é o valor que foi arrecadado no primeiro semestre deste ano na microrregião da Serra Geral de Minas referente ao IPVA – Imposto sobre propriedade de veículos automotores. De acordo com a secretaria de estado da Fazenda, 70% do imposto do carro é arrecadado nos três primeiros meses. Em junho foram recebidos R$ 184 mil dos proprietários de veículos que se encontravam em débito com o IPVA. Pela legislação, 50% do valor arrecadado do imposto são destinados ao município onde o veículo se encontra emplacado. A outra metade vai para o governo estadual.



No primeiro semestre deste ano, a arrecadação de IPVA na Serra Geral foi de R$ 3.906.890, sendo que a metade, em torno de R$ 2 milhões, foi repassada aos 16 municípios da microrregião. A prefeitura de Janaúba ficou com a maior parte, R$ 836 mil, para uma arrecadação de R$ 1,6 milhão referente a uma frota tributável de 10 mil veículos. A menor arrecadação e o menor repasse foi em Verdelândia, onde, de janeiro a junho deste ano, foram arrecadados R$ 16 mil de IPVA de um a frota de 212 veículos.



Os seis municípios da microrregião da Serra Geral de Minas que mais arrecadam IPVA são, pela ordem, Janaúba, Porteirinha, Espinosa, Monte Azul, Jaíba e Mato Verde. A arrecadação semestral do imposto em Porteirinha corresponde ao mesmo valor recolhido em Montes Claros no mês de junho, quando foram arrecadados R$ 576 mil. A prefeitura de Moc recebeu, mês passado, R$ 288 mil de IPVA e, desde o início deste ano, R$ 8 milhões referentes ao imposto para uma frota tributável de quase 94 mil veículos.