O Ministério da Saúde publicou o resultado da primeira fase do Programa Mais Médicos, com a relação dos profissionais selecionados neste 18º ciclo do programa. No Norte de Minas, dez cidades serão atendidas, totalizando 14 médicos contratados.

Os municípios contemplados nesta etapa do programa são de áreas historicamente com maiores dificuldades de acesso a esse tipo de mão de obra – a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas – e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os 14 médicos contratados para o Norte de Minas vão atender à população dos municípios de Água Boa, Cônego Marinho, Espinosa, Ibiracatu, Jaíba, Jequitaí, Salinas, Januária, São João das Missões e São João do Pacuí.

Januária, por exemplo, chegou a ficar sem médico no atendimento diário. O prefeito da cidade, Marcelo Felix, que também é médico, prestou atendimento no hospital para não deixar a população sem o serviço. Para Januária, foram contratados mais quatro médicos, que vão se somar ao quadro de 11 profissionais que vinham atendendo na cidade.

“Com estes novos médicos, teremos uma cobertura de atendimento à atenção primária de pelo menos 96%, para uma população de mais ou menos 70 mil habitantes, que dependem desse serviço. Também estamos reformando as unidades de saúde para oferecer melhor atendimento à população e capacitando os profissionais com cursos de aprimoramento”, informou o secretário de Saúde de Januária, Deyvisson Dias.

Dois profissionais já vinham atendendo pelo Mais Médicos em Januária. A expectativa é a de que até sexta-feira os outros dois se manifestem.

PELO PAÍS
De acordo com as regras previstas no edital nº 11/2019, 1.975 profissionais foram selecionados para atuar na Atenção Primária das unidades de saúde de mais de mil municípios, localizados nos 26 estados, além de dez Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis). Esses profissionais devem se apresentar nos municípios entre os dias 24 e 28 deste mês, para o início das atividades de atendimento à população.
 
PRÓXIMAS ETAPAS
Os médicos que se interessarem em participar das próximas etapas do programa devem fazer as inscrições pela internet.

As seleções são abertas com a publicação de editais, quando há disponibilidade de novas vagas, para ampliação do número de profissionais na Atenção Básica, ou quando há necessidade de reposição de vagas já existentes e que estejam em aberto em função do desligamento de médicos participantes do programa.