O Norte de Minas regrediu na classificação do plano Minas Consciente, do governo do Estado. A partir desta sexta-feira (11), a macrorregião passa da “Onda Amarela” para a “Onda Vermelha”, mais restritiva.

Com essa mudança, Minas possui 12 macrorregiões na etapa em que prevalecem mais proibições de atividades. Apenas as áreas Triângulo do Norte e Vale do Aço permanecem na “Onda Amarela”.

Já as macrorregiões do Sul, Oeste, Leste do Sul e Centro-Sul continuam consideradas como “Cenários Epidemiológico e Assistencial Desfavoráveis”, uma faixa mais restritiva dentro da “Onda Vermelha”, criada pelo Comitê Extraordinário Covid-19 na semana passada e que estabelece restrições mais rígidas dentro dessa mesma fase do Minas Consciente. 

As reclassificações apontam que a situação da pandemia continua crítica no Estado, apesar de os dados terem apresentado quedas nas últimas semanas. No entanto, a redução de casos, mortes e internações acontece em um patamar considerado alto pelo setor de saúde.

“Seguimos em um momento heterogêneo da pandemia, com mais estresse na rede assistencial em alguns locais. Por isso, precisamos manter todos os cuidados e reconhecer as necessidades diferentes das regiões para tomada de decisões”, diz o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti.

A partir destas novas definições, a “Onda Vermelha com Cenário Desfavorável” passa a permitir o funcionamento de academias, clubes e salões de beleza até as 19h, mediante agendamento prévio e aferição de temperatura do público na entrada do ambiente. O uso de máscaras permanece obrigatório, bem como a higienização constante das mãos e demais medidas de prevenção, como o distanciamento social.

Segundo o secretário adjunto de Saúde, André Luiz Moreira, as mudanças devem seguir todos os protocolos sanitários de prevenção ao coronavírus e foram permitidas devido à possibilidade de controle das atividades.

“Considerando que esses equipamentos permitem o controle de acesso dos usuários, foi entendido que haveria possibilidade de permissão do funcionamento, mesmo numa situação de cenário desfavorável, mantendo todas as medidas de proteção”, explica.

Aval para os namorados
Outra mudança específica será válida apenas para os dias 11, 12 e 13 de junho, quando bares e restaurantes das macrorregiões na “Onda Vermelha com Cenário Desfavorável” poderão funcionar com atendimento até 22h, excepcionalmente devido ao Dia dos Namorados.

Passado este fim de semana, o funcionamento de bares e restaurantes volta a ser limitado até 19h, sendo permitido o delivery após esse horário – sem possibilidade de retirada de alimentos e bebidas no balcão. Outros eventos e atrativos naturais e culturais, como festas e shows, permanecem proibidos, segundo as determinações do Comitê Extraordinário. 
 
ALTA NOS CASOS
O Norte de Minas contabiliza 91.101 casos confirmados de Covid-19. Segundo dados do Boletim Epidemiológico da Macrorregião, divulgado nesta quarta-feira, houve um aumento de 6,4% nos registros em relação aos últimos 14 dias – foram 5.471 novos casos no período. 

Houve ainda o registro de 1.847 óbitos pela doença, uma alta de 5,2%, mas de forma desacelerada, ou seja, o índice de crescimento das mortes no boletim desta semana está abaixo dos 7,7% registrados nos últimos 14 dias.

O boletim mostra que a Regional de Saúde de Pirapora é a que tem mantido alta incidência de casos, o que mantinha a área na “Onda Vermelha”, enquanto as demais estavam na “Onda Amarela”, quadro que muda a partir de hoje, com toda a macrorregião na faixa mais restritiva.


*Com Agência Minas