O Ministério da Saúde prorrogou até 30 de novembro a Campanha Nacional de Multivacinação de crianças e adolescentes com até 15 anos. O objetivo é promover a imunização deste público, mantendo coberturas vacinais ideais e garantindo a proteção contra diversas doenças imunopreveníveis.

Segundo a diretora de Vigilância de Agravos Transmissíveis da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Marcela Ferraz, a prorrogação da campanha vai permitir que um número maior de cadernetas de vacinação sejam atualizadas. 

“Considerando os resultados obtidos até o momento e a importância de ampliar as coberturas vacinais em todo o Estado, é importante a continuidade da Campanha de Multivacina-ção”, explica.

Marcela destaca as orientações para que os pais ou responsáveis levem as crianças e adolescentes até a unidade de saúde mais próxima, com o cartão de vacinação, para que o profissional da área possa avaliar a situação e a necessidade da administração de vacinas. 

“A vacinação é a forma mais eficaz na prevenção de doenças. Desse modo, é muito importante mantermos altas coberturas para todas as vacinas disponíveis no calendário. É importante lembrar que a falta do cartão não impede a imunização”, esclarece a diretora. 
 
Estimativa
Em Minas, a estimativa é a de que 4.451.989 crianças e adolescentes estejam na faixa etária preconizada pela campanha. “Como a multivacinação é voltada à atualização do Calendário Vacinal, não é possível o estabelecimento de uma meta, uma vez que a avaliação varia caso a caso. A ação busca favorecer o alcance de uma cobertura de 95% de pessoas imunizadas para cada uma das vacinas disponíveis”, explica Marcela.

Dados
A campanha, que teve início em 1º de outubro, disponibiliza todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente visando diminuir o risco de transmissão de doenças, assim como reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal. 

Segundo dados do Painel de Monitoramento da Campanha do Ministério da Saúde, até 27/10 foram imunizadas 99.713 crianças e adolescentes e 261.673 doses foram aplicadas em Minas.

Do total de doses aplicadas, 93.488 foram em menores de 1 ano, 48.151 em crianças de 1 ano, 40.550 em crianças de 2 a 4 anos, 32.969 em crianças de 5 a 9 anos e 46.515 em crianças e adolescentes de 10 a 14 anos e 11 meses.

“As vacinas estão disponíveis e são gratuitas. É muito importante mantermos altas coberturas para todas as vacinas. Por meio da vacinação, podemos evitar a ocorrência e controlar várias doenças, além de evitar a reintrodução de enfermidades já controladas”, diz Marcela. 

(Com Agência Minas)