Tiago Severino


Correspondente



PIRAPORA - Nos dias 15, 16 e 17, milhares de pessoas lotaram a área de eventos e a praia desta cidade. Era a 1ª Micareta do sol, que agitou a cidade e trouxe turistas de vários pontos do país, que assistiram a shows de axé.



null


Bandas fazem a festa na cidade do sol em evento onde predomina a tranqüilidade



Durante a tarde, cerca de três mil pessoas estiveram na praia, onde se divertiram à margem do Rio São Francisco. No balneário das duchas, havia shows do grupo de pagode Simplicidade e, também, concurso de dança. À noite, a média de foliões foi de 15 mil, número previsto pela prefeitura.



- Isso é o que nós queríamos, uma festa alegre, sem confusão - afirma Anselmo Luiz Rocha Matos, secretário municipal de Turismo. Para ele, o evento superou a expectativa e já anunciou que, para o próximo ano, serão criadas mais opções de entretenimento, principalmente durante a tarde.



null


Piraporenses e visitantes vibram com apresentação de banda


(Fotos: Tiago Severino)



BANDA E ABADÁS



Na sexta-feira, 15, primeiro dia da festa, a área de eventos recebeu milhares de foliões, que dançaram ao som da banda Jammil e uma noites. Quem teve recurso e se dispôs a pagar R$ 50 a R$ 60 por um abadá, pôde assistir ao show na área vip, mais próximo ao palco.



No sábado, 16, os shows foram das bandas Os Balalaikas e Baladeyra que se apresentaram no trio elétrico que percorreu a Avenida Salmeron; e Vira e mexe, que tocou durante quatro horas para um público de 17 mil pessoas.



A banda Vira e mexe foi considerada pelo público o destaque do evento, graças à forma como conseguiu fazer todos participarem do show, cantando e dançado, interagindo com os foliões através de brincadeiras.



- A grande diferença deles é a alegria - disse Tatiana de Paula Sintra, 22 anos, da cidade de Brasíla - DF.



No domingo, 17, último dia de festa, os shows foram das bandas Maria Chica, que tocou no trio elétrico, e Os Sungas, que se apresentou no palco.



- Devido ao tamanho do evento, nós não registramos nenhum incidente grave - afirma o tenente PM Ronaldo Maximiniano, comandante do corpo de bombeiros de Pirapora.



Na festa estiveram trabalhando quatro bombeiros na praia e seis na área de eventos, durante a noite. Além de ter sido montado um posto médico no local.