A Sociedade de Pediatria promove neste mês a campanha Agosto Dourado para incentivar o aleitamento materno. Em Montes Claros, a Liga Acadêmica de Enfermagem Materno infantil (Laemi) das Faculdades Funorte/Fasi reforça a ação com a campanha“Apoie o aleitamento materno por um planeta saudável”.

A falta da amamentação é um dos principais impactos na alimentação infantil. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera o leite materno como o “alimento de ouro” para a saúde dos bebês. Para a mulher também há benefícios, como a redução das chances de câncer de mama e ovário, prevenção de anemia, aumento da segurança acerca da maternidade e o favorecimento do emagrecimento.

A Laemi presta serviço nos hospitais, principalmente na maternidade do Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira, incentivando e auxiliando as puérperas na amamentação com a orientação da “pega” correta, mostrando os sinais de que a amamentação está sendo efetiva. Esse acompanhamento é feito até o sexto mês de vida do bebê.

“O aprendizado é amplo, uma vez que nos é oferecida a realização de estágios dentro do Mário Ribeiro nos setores de pré parto, parto, maternidade, na UTI neonatal e em outros nichos. Além disso, são desenvolvidas atividades nas estratégias de saúde da família com a temática envolvendo saúde da mulher e da criança, ações de sensibilização e projetos de pesquisa para o desenvolvimento científico dos integrantes da Laemi”, afirma Samara Atanielly Rocha, vice-presidente da liga. 

FORMAÇÃO
O trabalho desenvolvimento pelos acadêmicos de Enfermagem da Funorte/Fasi objetiva ampliar o conhecimento científico e aplicar conceitos nos processos práticos de humanização dos atendimentos. A Laemi conta com dez participantes, sendo quatro professores especialistas e seis alunos da Funorte/Fasi. 

“A Laemi busca complementar a formação dos acadêmicos nessas áreas, promovendo o senso crítico e também o raciocínio científico, agregando valor ao conhecimento e ao seu currículo. As ligas são vistas como um grande diferencial na vida acadêmica”, afirma Cláudia Danyella Leão, coordenadora do curso de Enfermagem Fasi.

O CURSO
O curso de enfermagem das Faculdades Funorte/ Fasi é um dos mais antigos do Norte de Minas e vem se adaptando de acordo com a evolução do cuidado ao próximo. Além de possuir corpo docente com os melhores profissionais da região, a graduação oferece aos alunos atividades práticas desde o primeiro período no hospital próprio da instituição, o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira, que tem laboratório avançado de simulação realística.

Segundo a coordenadora do curso de Enfermagem Fasi, Daniella Leão, os acadêmicos ainda têm a oportunidade de participar de projetos de extensão na comunidade e fazer iniciação científica durante o processo de formação.

“Buscamos entregar ao mercado de trabalho enfermeiros com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Profissional qualificado para o exercício de enfermagem, com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos. Capaz de conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença mais prevalentes e atuar nas diversas áreas, como assistência, gestão, docência, empreendedorismo, dentre várias outras”, afirma a coordenadora.

MATRÍCULAS
Existem duas formas de os interessados ingressarem em algum curso de graduação das Faculdades Funorte/Fasi: através do vestibular on-line, que pode ser acessado em www.funorte.edu.br, e a utilização da nota do Enem.

As instituições também oferecem um portfólio variado de formas de financiamento dos estudos, com novas modalidades mais flexíveis e mais econômicas com descontos nas mensalidades que variam entre 30% e 70%.

Mais informações: (38) 2101-9292 ou 98826-8821.